Pela primeira vez na história da dramaturgia da Rede Globo de Televisão, uma novela terá uma sequência de sexo gay entre homens. A informação foi confirmada nesta quinta-feira, 23, pelo jornalista Daniel Castro, do site 'Notícias da TV'. De acordo com ele, o fato acontecerá em 'Liberdade Liberdade', folhetim das 23h. O capítulo que exibirá a transa histórica vai ao ar no dia 12 de julho. Os atores escalados para  cena são Ricardo Pereira, que vive o soldado Tolentino, e Caio Blat, que faz o irmão de Joaquina (Andrea Horta), o delicado Andre. 
A direção da Globo, segundo Daniel Castro, liberou a sequência escrita por Mario Teixeira. Até então, não se tinha certeza nem mesmo se rolaria um beijo homossexual. Essa informação nova surpreendeu a muitos. Na internet, fãs da novela se mostram divididos. Alguns acreditam que é importante mostrar a realidade. "Acho bacana porque acaba com o paradigma gay nas tramas brasileiras", opinou um telespectador. Já outros estão revoltados. Há quem diga que não assistirá mais o enredo por ele supostamente estimular a "prática gay".  "Apesar de passar tarde, a novela é vista por famílias, inclusive crianças. Acho um desrespeito e um retrocesso da Globo. Vamos tentar impedir ao máximo isso", comentou um internauta que tenta fazer um abaixo-assinado para evitar que a cena vá ao ar. 
De acordo com Daniel Castro, a cena será intensa, mas não terá sexo explícito. No entanto, quem espera beijo na boca vai poder ver. O roteiro pede um beijo represado e angustiado. O soldado então tira a camisa e André parece não conseguir respirar. Tolentino então empurra o amado para a cama, que cai sentado. A transa começa a seguir. O autor pede algo bruto e urgente. Em 2014, a Globo exibiu pela primeira vez um beijo entre dois homens na novela 'Amor à Vida'. Já em 2015, a emissora mostrou também pela primeira vez uma relação sexual entre duas mulheres em 'Felizes Para Sempre', uma minissérie. 
É bom dizer que o primeiro beijo gay da TV foi dado na década de 50 por Vida Alves, mesma mulher que também deu o primeiro beijo hétero. A TV Manchete também já havia exibido histórias com insinuações de sexo entre homens. No entanto, não há registro de cena de sexo em si entre dois homens na TV brasileira.