domingo, 29 de janeiro de 2012

Imprensa nacional diz que Elias Fernandes foi “exonerado” e não pediu demissão como chegou a dizer em nota

28 de Janeiro
O jornal Correio Braziliense traz matéria nesta sexta-feira (27) sobre o episódio que culminou com a saída do ex-deputado Elias Fernandes, da direção-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Eis trecho da matéria publicada no Correio Braziliense que narra a exoneração do potiguar.
“Após participar de reunião de trabalho no Ministério da Integração, Elias foi convocado para ir ao gabinete do ministro Fernando Bezerra, onde foi comunicado da demissão. A queda de o diretor-geral ocorre três dias depois do diretor-administrativo do Dnocs, Albert Brasil Gradvohl, ser exonerado do cargo na mesma esteira das denúncias apresentadas no relatório do CGU. A degola de Gradvohl também causou revolta na bancada do PMDB do Ceará, responsável pela indicação”.

Click aqui e acompanhe a matéria na íntegra.
Blog JP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

          ONTEM O CALENDÁRIO VIROU MAIS UMA PÁGINA DE MUITA ALEGRIAS PARA TODOS NÓS, O ANIVERSÁRIO DE NOSSA AMADA MARIZA HONORAT...