quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

ustavo Fernandes também sentiu os efeitos da pressão para saída do seu pai


Na tarde de ontem, 25, o Deputado Estadual, Gustavo Fernandes, deixou transparecer que também vinha sentindo os efeitos da pressão que seu pai, o agora ex-diretor do DNOCS, Elias Fernandes, estava sofrendo para deixar o cargo.
Enquanto entrava na casa do seu aliado político, Nilton Figueiredo, aqui em Pau dos Ferros, Gustavo, mesmo de óculos escuros, não disfarçou o semblante abatido e cara de preocupação, pela tormenta que sua família vinha passando, no campo político.
Essa visita ao ex-prefeito de Pau dos Ferros deve ter sido uma verdadeira sessão do “desabafo”. Por lá, o jovem Deputado deve ter compartilhado as amarguras que vinha passando e, também, a decisão do pai, em deixar o cargo, como ficou evidenciado menos de 24 horas depois.
A indisfarçável preocupação de Gustavo, dava-se pois, ele, assim como todo observado do cenário político, sabia que a saída do seu pai era, apenas, uma questão de tempo.
Após a saída do pai da direção do importante órgão federal, Gustavo não vai mais poder contar com o “prestigio” do pai-diretor que, agora, vai ter que se virar para justificar, junto ao Tribunal de Contas da União, todas as acusações que pesam contra ele, enquanto dirigiu o DNOCS.
Os primeiros efeitos serão sentidos logo este ano, durante as eleições municipais de 2012. Vale lembrar que o grupo do ex-prefeito, Nilton, vai ser um dos primeiros a sentir estas mudanças.
Blog JP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

          ONTEM O CALENDÁRIO VIROU MAIS UMA PÁGINA DE MUITA ALEGRIAS PARA TODOS NÓS, O ANIVERSÁRIO DE NOSSA AMADA MARIZA HONORAT...