sábado, 25 de fevereiro de 2012

Mais tempo e aprendizado no curso de inglês



A época em que as escolas de inglês se limitavam a ensinar o segundo idioma ficou para trás. O curso Open Doors, por exemplo, lança neste ano o "Magic Time", programa de educação ampliada, opcional e direcionado para os alunos de dois a nove anos que tem por objetivo desenvolver competências e promover autonomia. De acordo com a psicóloga Luciana Rocha, a ação possibilitará um maior número de situações em que a função da língua estrangeira se fará presente e necessária. "Livre de um currículo pré-estabelecido e trabalhando com as múltiplas inteligências, o Magic Time será uma oportunidade de valorizar o surgimento de novos talentos", assegura.
DivulgaçãoProfessora valoriza nova metodologia para atrair atenção das crianças em sala de aulaProfessora valoriza nova metodologia para atrair atenção das crianças em sala de aula
 O programa consiste na ampliação do tempo de permanência dos alunos na escola nos dias em que cursam inglês. As crianças poderão ficar por mais três horas e nesse período realizarão atividades culturais na língua inglesa, como música, arte, jogos e culinária, e participarão de oficinas pedagógicas em português que incluem hora do conto, informática e estimulação psicomotora.
Ensinar a criança a estudar sozinha é uma tarefa que exige planejamento para que o objetivo seja atingido. Nessa escola, o desenvolvimento da autonomia intelectual se dará por meio de atividades estrategicamente planejadas e orientação das atividades da escola regular, que o aluno levará de casa para o curso de inglês. "É fundamental utilizar estratégias diversas na direção do ensinar a pensar" explica Carla Souto, pedagoga e especialista em Psicomotricidade que coordena o Magic Time.
O novo programa desenvolvido na Open Doors acompanha a metodologia da escola, que prioriza a função e o uso do segundo idioma, e está aliada ao pensamento de que a competência linguística não está desvinculada de outras habilidades. Por este motivo, todas as atividades propostas reproduzem situações do cotidiano que são significativas para os alunos de cada faixa etária. Um exemplo é a cozinha experimental, onde o ensino do idioma americano é imerso na prática de receitas.
No Magic Time, as atividades servirão de complemento às realizadas no período de aula, o que reforçará o aprendizado do inglês. "É um momento em que vamos trabalhar as múltiplas habilidades das crianças de forma lúdica", afirma a diretora Zélia Rabêlo.
TribunadoNorte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

          ONTEM O CALENDÁRIO VIROU MAIS UMA PÁGINA DE MUITA ALEGRIAS PARA TODOS NÓS, O ANIVERSÁRIO DE NOSSA AMADA MARIZA HONORAT...