quarta-feira, 27 de junho de 2012

Mulher é presa acusada de matar e atear fogo no companheiro


Uma mulher identificada como Sandra Maria Bezerra, de 42 anos, foi presa em flagrante na tarde desta terça-feira (26), acusada de matar o marido Geraldo Torres de Paula, de 72 anos, e depois atear fogo na vítima com quem manteve um relacionamento de oito anos. O crime aconteceu na residência do casal localizada no município de Parazinho, interior do Rio Grande do Norte.

O fato aconteceu por volta das 15 horas de ontem enquanto a vítima dormia. Segundo informações do delegado da Polícia Civil, Antônio Taveira, a acusada deu uma paulada na cabeça do marido e em seguida arrastou-o até o banheiro onde tentou iniciar um esquartejamento utilizando um facão. "Ela chegou a cortar o braço e o pescoço da vítima, mas como o facão não estava amolado, ela desistiu e acabou ateando fogo no corpo do marido", relatou.
Um dos vizinhos acionou a polícia, que efetuou a prisão de Sandra. Na delegacia, ela alegou que vinha sendo agredida pelo marido. "Foi o motivo que ela alegou para praticar o homicídio, mas não vimos nenhuma marca de agressão no corpo dela", disse Taveira. Segundo o depoimento da acusada, eles teriam tido uma discussão antes do crime. O casal teria se separado, mas reataram a pouco tempo por vontade dela.
Informações que chegaram à polícia dão conta de que ela seria usuária de drogas. Sandra Maria foi autuada por homicídio qualificado por motivo fútil.
FONTE: TRIBUNA DO NORTE
POSTADO PELO BLOG O CIDADÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

  segunda-feira, 7 de setembro de 2020 Relembre os resultados das ultimas eleições para prefeito e vereadores d...