terça-feira, 26 de junho de 2012

Violência: um policial morto em festa junina


O soldado Roberto Alves de Freitas, assassinado na noite do domingo passado, respondia por diversos crimes, como estelionato e participação em grupos de extermínio. Freitas foi atingido por disparos de arma de fogo no bairro das Quintas, zona Oeste de Natal, quando chegava para participar de um festejo junino. O homem foi alvejado dentro do seu veículo. O socorro ainda foi prestado, mas o policial morreu a caminho do hospital. Outros dois policiais ficaram feridos ao se deslocarem para o local, com intuito de averiguar o que estava ocorrendo. Ambos não correm risco de morte.

De acordo com informações da PM, o soldado Roberto Freitas foi atingido por volta das 23h30 do domingo. Um amigo que estava no local, também ficou ferido, mas foi socorrido. Freitas estava dentro do seu carro quando foi atingido. Houve reação, mas o soldado lotado na 3ª Companhia do 9º Batalhão ficou bastante ferido. Ainda houve tentativa de socorro, mas o homem morreu a caminho do hospital.
Uma guarnição que se encontrava próxima ao hospital Giselda Trigueiro se deslocou à rua para atender ao chamado. Lá chegando foi recebida a tiros. O soldado Luiz Eduardo da Cunha foi atingido com um tiro no maxilar e o soldado Jair Edson Lima foi alvejado na mão, ombro e no rosto. Os dois foram conduzidos para o atendimento de emergência no Clóvis Sarinho e não correm risco de morte.
As motivações para o crime ainda permanecem uma incógnita para a polícia. Viaturas realizaram diligências após os disparos, mas nenhum responsável foi encontrado.

Crimes
Roberto Freitas ingressou na Polícia Militar no ano de 1997. No ano 2000, foi preso em flagrante por estelionato, ao tentar realizar compras com um cartão de crédito que havia sido roubado de um juiz de Direito. O juiz Francisco Ciríaco Sobrinho havia sido assaltado anteriormente e teve diversos pertences levados, inclusive o cartão. Além do estelionato, o policial respondia por formação de quadrilha.
No ano de 2006, foi investigado em um inquérito policial militar por suposto envolvimento em grupos de extermínio. Com ele, também eram investigados no mesmo procedimento os ex-policiais militares Ronaldo Erasmo Galdino de Lima, "Ronaldo Bomba", Roberto Moura do Nascimento, "Bebeto", e Manoel da Costa Peixoto, "Néo".
A Polícia Civil deve instaurar inquérito para apurar a morte do soldado Roberto Freitas e irá analisar se seu histórico de crimes cometidos teve influência no homicídio.

Fim de semana tem registro de oito homicídios
Além do assassinato do soldado da Polícia Militar, o Instituto Técnico-científico de Polícia (Itep) registrou outros sete casos de homicídios durante o final de semana. Na maioria dos casos, as vítimas foram mortas por disparos de arma de fogo. Em dois casos, foram utilizadas armas brancas.
Lucas da Silva Ferreira, 17 anos, foi baleado no bairro Mãe Luiza, zona Leste, e acabou morrendo no Hospital Walfredo Gurgel. Maria Gorette da Silva, 27 anos, morreu na unidade médica após ser vítima de disparos de arma de fogo no município de Tangará, a cerca de 90 quilômetros da capital.
No bairro do Vale Dourado, zona Norte de Natal, a vítima foi Felipe Azevedo do Nascimento, 21 anos. O jovem sofreu diversas perfurações de arma branca e não resistiu aos ferimentos. Outro crime com arma branca foi registrado em Monte Alegre e vitimou João Maria da Silva, 40 anos. Na cidade de Espirito Santo, a 70 quilômetros de Natal, a polícia registrou a morte por arma de fogo de Joaquim Josias da Cruz, 17 anos.
No sábado passado, Adriano Silva de Oliveira, 21 anos, foi morto a tiros em São Gonçalo do Amarante - Região Metropolitana de Natal. A Polícia Militar informou que o jovem tinha envolvimento com o tráfico de entorpecentes e isso pode ter relação com o seu assassinato. Na madrugada de domingo, Marcos Antônio Gomes da Silva foi morto no bairro Lagoa Azul, zona Norte. A vítima foi perseguida por dois homens que disparam tiros e o mataram. Nenhum responsável foi encontrado após diligências da PM.
FONTE: TRIBUNA DO NORTE
POSTADO PELO BLOG O CIDADÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

MULHER MORRE APÓS FAZER ESCOVA PROGRESSIVA   POSTADO NO BLOG O CIDADAO  Lidiane Ferreira dos Santos, de 31 anos, morreu na segu...