terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Casas de show da região passam por vistoria a partir de hoje



A tragédia que aconteceu em uma boate no município de Santa Maria (RS), na madrugada do último domingo, 27, e que vitimou 231 pessoas, reacendeu as discussões sobre a segurança de estabelecimentos como casas de show. O Corpo de Bombeiros de Mossoró afirma que a partir de hoje serão realizadas fiscalizações nesses estabelecimentos de Mossoró e região.

"Essas vistorias são realizadas de forma rotineira pelo Corpo de Bombeiros. Toda e qualquer edificação, com exceção das casas, precisam ter uma liberação da corporação. Para essa liberação, elas precisam ter o Projeto de Combate a Incêndios e Pânico. O Habite-se só é fornecido após vistoria e deve ser renovado anualmente", afirma o vistoriador Salatiel, do Serviço Técnico de Engenharia (Serten) do Corpo de Bombeiros de Mossoró.
Segundo o vistoriador, os equipamentos essenciais dos projetos são: extintores, saídas de emergência, iluminação de emergência e saída de emergência com barras antipânico (para casas com capacidade acima de 200 pessoas). "O projeto é elaborado de acordo com a quantidade de pessoas. O cálculo é de duas pessoas por metro quadrado", esclarece Salatiel.
Sobre a situação de Mossoró, o vistoriador esclarece que a situação está melhorando. "Algumas casas de show de Mossoró já passaram pela vistoria e outras estão em processo de tramitação. Na vistoria, nós fiscalizamos os extintores e cabe ao estabelecimento o ensino do uso do equipamento aos funcionários. As igrejas e as escolas também estão atentando para essa questão de segurança e procurando o Corpo de Bombeiros", afirma.
No caso da boate de Santa Maria (RS), o elemento complicador foi a ausência de saídas de emergência. Salatiel explica que é um elemento obrigatório. "A quantidade é calculada de acordo com a capacidade de pessoas no estabelecimento. Um exemplo é que uma casa para 200 pessoas precisa de 1,10m de largura da porta da saída de emergência.
Em um caso de emergência, o tenente Monteiro, chefe da Divisão Técnico Operacional do Corpo de Bombeiros de Mossoró, orienta. "Primeiramente manter a calma, se direcionar às saídas de emergência e deixar o local o mais rápido possível, mas sempre de forma ordenada", destaca.
O vistoriador Salatiel ainda recomenda. "As pessoas precisam se conscientizar e procurar o Corpo de Bombeiros para os projetos de segurança. O risco de morte é muito grande, e a segurança precisa ser levada em consideração", afirma.
FONTE: O MOSSOROENSE
POSTADO PELO BLOG O CIDADÃO/FABRÍCIO GABRIEL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

  ÃE E FILHA DE SANTANA DO MATOS MORREM EM GRAVE ACIDENTE NA BR-304 PRÓXIMO A LAJES Postado por Assú Noticia às 20:33 Da...