terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Situação de desespero para o homem do campo no RN



Caso as previsões dos meteorologista se confirmem de que o inverno no semiárido nordestino será abaixo da média, portanto mais um ano de seca, a situação ficará insustentável para a pecuária do Rio Grande do Norte, já que o Estado tem 95% do seu território localizado no semiárido.

Em conversa com pessoas que participaram no último final de semana da expedição “Retratos da Seca”, promovida pela Federação de Agricultura do Rio Grande do Norte (Faern), que percorreu todas as regiões do Estado, só veio confirmar o que todos já sabiam, que a situação é desesperadora para o homem do campo. É incalculável a quantidade de bovinos mortos nos diversos municípios do RN.

Hoje o nosso rebanho já é o menor do Brasil, com menos de 500 mil cabeças de bovinos. Com mais um ano de seca, isso irá reduzir à metade, decretando a falência da pecuária norteriograndense.
Como o homem do campo é esperançoso por natureza, deposita toda a sua esperança nos meses de março e abril, que são os melhores meses de chuva no sertão, para que o inverno seja normal e venha aliviar a situação.

Por Marcelo Abdon/F. Silva /  BLOG  O  CIDADAO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

  ÃE E FILHA DE SANTANA DO MATOS MORREM EM GRAVE ACIDENTE NA BR-304 PRÓXIMO A LAJES Postado por Assú Noticia às 20:33 Da...