sábado, 31 de agosto de 2013

Mais de 200 mil potiguares podem ter descontos na conta de energia




Os consumidores residenciais do Rio Grande do Norte não cadastrados na tarifa social ainda podem solicitar o benefício, desde que atendam aos critérios definidos pelo Governo Federal. Para isso, deverão procurar a Cosern, através das agências de atendimento ou do teleatendimento gratuito 116, e informar o CPF, um documento de identidade oficial com foto (carteira de motorista, RG, etc) e o Número de Identificação Social (NIS) ou o Número do Benefício (NB), emitidos pelo Governo Federal.

Atualmente, cerca de 400 mil famílias são beneficiadas com o subsídio no estado. Outros 213 mil consumidores ainda poderão receber os descontos na conta de energia, que variam de 10% a 65%. Tem direito a tarifa social de energia elétrica todas as unidades consumidoras que possam ser classificadas na subclasse residencial baixa renda de acordo com os critérios definidos pelo Governo Federal, ou seja, aqueles inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadUnico).

Assim, podem ser beneficiários do subsídio tarifário as famílias com renda per capita de até meio salário mínimo, usuários em tratamento de saúde que necessitam usar continuamente aparelhos com elevado consumo de energia e possuam renda familiar de até três salários mínimos, indígenas e quilombolas, além de famílias que recebem o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC). Os consumidores inscritos em algum programa social do Governo Federal que ainda não possuem o NIS devem procurar a prefeitura da cidade onde residem para se inscreverem no Cadastro Único do Programa da União (CadUnico).

A tarifa social de energia elétrica é um benefício instituído pela Lei Federal nº 10.438 de abril de 2002 e posteriormente alterada pela Lei Federal nº 12.212 de janeiro de 2010. Os consumidores beneficiários da tarifa social poderão participar do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela ANEEL, a exemplo do projeto de doação de geladeiras e lâmpadas econômicas.

Jornal de Fato  /VISÓ / BLOG   O  CIDADAO

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Ministro selou o rompimento dele com o “governo Rosa”.

 


 
AGENC GM * Caraubas/RN – Os indicados do ministro peemedebista solicitaram à governadora Rosalba exoneração dos seus respectivos cargos. Dessa forma, o ministro selou o fim da aliança com o governo Rosalba.

Na segunda-feira (26), o presidente do PMDB e presidente da Câmara dos Deputados Henrique Alves, divulgou nota na qual agendou para sexta-feira (30), uma reunião da executiva estadual do partido, com vistas a discutir a relação do partido com o governo.

A expectativa é que o partido aluizista declare oficialmente o
rompimento político com o governo do Estado, se preparando para lançar candidato próprio para governador nas eleições de 2014, candidatura que poderá ser a do próprio ministro, do presidente da Câmara ou do líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado estadual Walter Alves. O partido pode também anunciar somente o rompimento, sem definição de candidaturas para o próximo ano, o que é o mais provável. Estamos no aguardo.

BLOG    O CIDADAO

JORNALISTA QUE CRITICOU APARÊNCIA DE MÉDICOS CUBANOS SE DEFENDE


Postou a “pobre e infeliz” jornalista que quis aparecer e apareceu mesmo, mesmo diante da covardia.
micheline borges

AGENC GM * Caraubas/RN – Tribuna do Norte Na manhã desta terça-feira (27), a jornalista Micheline Borges fez um comentário em sua página pessoal no Facebook sobre a aparência de médicos cubanos que chegaram ao Brasil para atuar em cidades indicadas através do programa “Mais Médicos”, do Governo Federal.

A postagem ganhou repercussão nacional e fez com que a jornalista apagasse o perfil nas redes sociais. Para ela, a postagem não foi preconceituosa.

No Facebook, Micheline Borges postou comparação entre a aparência de médicas cubanas às de “empregadas domésticas”.
Perdoem-me se for preconceito, mas essas médicas cubanas têm uma
cara de empregada doméstica. Será que são médicas mesmo? Afe, que terrível. Médico, geralmente, tem postura, tem cara de médico, se impõe a partir da aparência. Coitada da nossa população. Será que eles entendem de dengues? E febre amarela? Deus proteja O nosso povo!”, postou a “pobre e infeliz” jornalista que quis aparecer e apareceu mesmo, mesmo diante da covardia.

A opinião logo se espalhou pelas redes sociais. Diversas pessoas reproduziram a postagem e fizeram comentários criticando a frase de Micheline Borges, que ainda se defendeu na rede social durante algumas horas.
Se eu chegar numa consulta e encontrar um médico com cara de acabado ou num escritório de advocacia e o advogado mal vestido vou embora”, comparou, antes de encerrar a conta no Facebook.

Após a polêmica, Micheline Borges disse que foi mal interpretada. Ela garante que não é preconceituosa e que a postagem dela não teve a intenção de causar problemas.
Não agi, de forma nenhuma, com preconceito. Não tenho preconceito com ninguém. Só acho que a aparência conta, sim. Que é algo importante”, disse a jornalista.

Devido à repercussão negativa, Micheline Borges decidiu que vai permanecer longe das redes sociais. 
Vou deixar do jeito que está (sem redes sociais) porque as pessoas não aceitam o contraditório. Você não tem o direito de expressar a sua opinião, que logo vêm as críticas”, resumiu.

BLOG  O  CIDADAO

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Projeto de lei pode punir o gestor que não investe em educação



Livro para todos. No projeto de lei, uma das exigências é a de que bibliotecas escolares tenham um acervo compatível com o número de alunos
Foto: André Teixeira/21-05-2009

Prefeitos e governadores que não investem o suficiente em educação estão mais próximos de serem punidos. Até novembro deve ser votado numa comissão especial da Câmara dos Deputados o projeto que cria a Lei de Responsabilidade Educacional (LRE), que deve prever que os chefes dos Executivos que não usarem bem os recursos destinados à educação não possam concorrer à reeleição.
 
O relator da comissão, deputado Raul Henry (PMDB-PE), deve colocar no texto uma novidade: nenhum governante poderá concluir o mandato deixando seu município com indicadores educacionais piores do que quando assumiu o cargo.

A Comissão Especial da Lei de Responsabilidade Educacional vai promover mais duas audiências sobre o assunto e depois votará o texto, que seguirá, em seguida, para o plenário da Casa. A comissão, na verdade, analisa o projeto da LRE (PL 7420-06, proposto em 2006 pela ex-deputada Raquel Teixeira) em conjunto com mais 14 outros projetos de lei que tratam da penalização de gestores que não obedecem a destinação de projetos educacionais. Depois de diversas audiências públicas com especialistas em educação, o relator Raul Henry escreveu recentemente um projeto substitutivo que colocará em votação na comissão, reunindo as propostas sobre o tema e também algumas inovações que não estavam nos 15 projetos. Mas o assunto ainda é fruto de polêmica entre muitos especialistas em educação.
 
A ideia da LRE é estabelecer um mecanismo parecido com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), criada com o objetivo de impor um controle de gastos a estados e municípios.
 
O texto que o deputado Raul Henry colocará em debate prevê cinco pontos principais.
 
Os governantes que ao final dos mandatos deixarem a cidade ou estado com Ideb (índice oficial que mede a qualidade do ensino básico) menor do que o resultado obtido pelo antecessor ficarão inelegíveis por quatro anos. Esse mecanismo será usado até que sejam atingidas as metas de qualidade pactuadas no Plano Nacional de Educação.
Ação civil pública
Estados e municípios poderão sofrer ação civil pública de responsabilidade educacional caso suas ações ou omissões comprometam o direito à educação e convênios deixem de ser executados. Esse tópico, que prevê a mudança da lei de ação civil pública, foi proposto pelo governo federal em projeto enviado ao Congresso em 2010.
 
O texto que Henry vai apresentar também deve listar 15 padrões mínimos que todas as escolas públicas do país devem ter, entre eles exigência de bibliotecas com acervo compatível ao número de estudantes, espaço para atividades esportivas, laboratório de informática, reforço escolar para alunos com dificuldades no aprendizado e divulgação da programação do conteúdo que tem que ser dado bimestralmente para os alunos.
 
Além disso, municípios e estados que comprovarem em relatório que suas receitas educacionais são insuficientes para atingir esse padrão mínimo poderão solicitar financiamento suplementar ao Ministério da Educação, que seria obrigado a repassar mais recursos.
— Se a lei for aprovada e houver o financiamento suplementar da União, nos municípios que depois de cinco anos não atenderem o padrão mínimo, o prefeito ou governador pode sofrer ação civil de responsabilidade educacional — disse o deputado.
 
O relator quer que prefeitos e governadores sejam responsáveis pelas metas do Plano Nacional de Educação de maneira proporcional aos seus anos de mandato.
 
— No caso das metas de ampliação de matrículas em creches, a atribuição é do município. Se a meta, por exemplo, é ampliar em 10%, num mandato de quatro anos, o prefeito tem que cumprir 40% da meta. O próximo prefeito é responsável por 40% e o seguinte por 20% — explicou o parlamentar.
 
Henry pretende incluir no texto um sistema de incentivo livre: do total de estados e municípios do país, os 20% que mais apresentarem melhorias em suas notas no Ideb em relação ao índice anterior terão direito a 4% do orçamento do Ministério da Educação como prêmio para gastar em educação. A diferença para outros sistemas de premiação que já existem é que, nesse, o gestor teria liberdade para aplicar como quiser.

Com informações do jornal o Globo 

VISÓ  /  BLOG   O CIDADAO

domingo, 25 de agosto de 2013

Médicos cubanos pedem respeito e dizem que vêm trabalhar para o povo brasileiro

Segunda leva de profissionais chega no domingo; ao todo, 644 médicos desembarcam no País

Da Agência Brasil
Grupo de médicos cubanos desembarcaram em Brasília Ed Ferreira/Estadão Conteúdo
O primeiro grupo dos 206 médicos cubanos que vão trabalhar no Brasil desembarcou neste sábado (24) à tarde no País. Em Recife, ficaram 30 profissionais, enquanto 176 seguiram para Brasília, onde chegaram à noite. Ao desembarcar, Oscar Gonzales Martinez, graduado há 23 anos e especialista em atenção à família, disse que tinha grande expectativa em trabalhar com a população brasileira.

Martinez disse que veio ao Brasil por várias razões, entre elas, a oportunidade de trabalhar para o povo brasileiro. Sobre a polêmica em torno do pagamento dos salários, que serão feitos por meio do governo cubano e não diretamente aos profissionais, Gonzales disse que isso é o que menos importa, pois tem o emprego garantido em seu país e parte dos recursos irá para ajudar o seu povo.

— O mais importante é colaborar com os médicos brasileiros e ajudar na qualidade de vida do povo daqui. Também é importante a irmandade entre o povo cubano e o povo brasileiro que existe há muito tempo.

A médica Jaiceo Pereira, de 32 anos, lembrou, bem-humorada, que, apesar de ser a mais jovem do grupo, tem bastante experiência profissional e no início de sua formação já trabalhava com saúde da família. Ela pediu o apoio do povo brasileiro e respeito aos profissionais de seu país.

— Queremos ajudar e dar saúde a todos aqueles que não têm acesso aos serviços médicos. Queremos dar amor e queremos receber amor.

Já Alexander Del Toro destacou que veio para trabalhar junto e não competir.

"Somos médicos por vocação, não nos interessa um salário", diz médico cubano ao desembarcar no País

Um grupo de 25 simpatizantes do socialismo e de Cuba esteve no Aeroporto Internacional de Brasília — Presidente Juscelino Kubitschek com cartazes. Durante a longa espera, que durou mais de duas horas, os manifestantes gritavam palavras de ordem como “Cubano amigo, Brasil está contigo” e “Brasil, Cuba, América Central, a luta socialista é internacional”.

Em meio às manifestações de apoio, Ana Célia Bonfim, que se identificou como médica da Secretaria de Saúde do Distrito Federal chegou a gritar entre os manifestantes que tudo não passava de uma “palhaçada”.

— Profissional troca alguma coisa por bolsa. Isso não é coisa de profissional. Pelas condições que tem o médico cubano, claro que eles vão trocar isso pelas condições brasileiras. Mas isso é exploração de mão de obra.

O restante dos médicos cubanos desembarca neste domingo (25) em Fortaleza, às 13h20, no Recife, às 16h, e em Salvador, às 18h, segundo o ministério. Ao todo, 644 médicos, incluindo os 400 cubanos, com diploma estrangeiro chegam ao Brasil até este domingo (25).  Na sexta-feira (23), começaram a chegar os médicos inscritos individualmente em oito capitais.

Os profissionais cubanos fazem parte do acordo entre o ministério com a Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) para trazer, até o fim do ano, 4.000 médicos cubanos. Eles vão atuar nas cidades que não atraírem profissionais inscritos individualmente no Programa Mais Médicos. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, rebateu as críticas das entidades médicas que questionam a formação médica dos profissionais cubanos.

Aulas

Na segunda-feira (26), tantos os médicos inscritos individualmente (brasileiros e estrangeiros), quanto os 400 cubanos contratados via acordo, começam a participar do curso de preparação com aulas sobre saúde pública brasileira e língua portuguesa. Após a aprovação nesta etapa, eles irão para os municípios. Os médicos formados no país iniciam o atendimento à população no dia 2 de setembro. Já os com diploma estrangeiro começam a trabalhar no dia 16 de setembro.

O curso vai ter carga de 120 horas com aulas expositivas, oficinas, simulações de consultas e de casos complexos. Também serão feitas visitas técnicas aos serviços de saúde com o objetivo de aproximar o médico do ambiente de trabalho.


R7 /  BLOG   O CIDADAO

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Começa na segunda pagamento da metade do 13º de aposentados e pensionistas


- Publicado por Robson Pires, A primeira parcela do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começará a ser paga na próxima segunda-feira (26). O pagamento foi autorizado por uma portaria no início de agosto. Os depósitos serão feitos entre os dias 26 de agosto e 6 de setembro.
Segundo o Ministério da Previdência Social, a expectativa é que 26,5 milhões de pessoas recebam a primeira parcela e que sejam injetados na economia aproximadamente R$ 12 bilhões. No ano passado, foram pagos R$ 130 bilhões com o décimo terceiro dos trabalhadores brasileiros, equivalente a 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB).

BLOG  O  CIDADAO

Comissão aprova aviso em carros novos contra uso de celular


- Publicado por Robson Pires, na categoria  motorista celularA Comissão de Viação e Transportes aprovou na quarta-feira (21) proposta que obriga os fabricantes e as montadoras de veículos a afixar em local visível, em veículos novos, alerta sobre a proibição do uso de celular ao dirigir.
Os avisos deverão conter a frase: “É proibido usar o telefone celular ao conduzir veículo automotor.” De acordo com a proposta, a obrigatoriedade também valerá para importadores e encarroçadoras de veículos.

BLOG   O CIDADAO
SECRETARIA MUNICIPAL  DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEMAS.
PREFEITURA MUNICIPAL DE MARCELINO VIEIRA -RN
SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS
SECRETARIA MUNICIPAL: LEIDJANE  ROCHA  

           O programa de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do município de Marcelino Vieira -RN, realizou neste dia 15 de Agosto de 2013, um encontro de atividades lúdicas e artesanais com as senhoras da terceira idade, sendo  ministrada pela técnica pedagógica e pela  facilitadora de artes Socorro Lima, que desenvolveram  diversas brincadeiras e confecções de rosas em forma de porta acessório, para ampliar e diversificar os conhecimentos de todas as senhoras que frequentam o referido programa. 





ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE MARCELINO VIEIRA
COM PARCERIA BLOG O CIDADÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO


  A Secretaria Municipal de Educação de Marcelino Vieira, participou nos dias 19 e 20 de Agosto da formação do Ambiente de Aprendizagem E-Proinfo para tutores dos cursos do Proinfo Integrado do programa Nacional de Tecnologias Educacionais, no Centro de Referência em Educação Aluísio Alves ( CEMURE ) em Natal. 
                    







       Avisamos que terá direito professores efetivo da Rede Municipal de Educação. A Secretaria estará passando nas escolas entregando a ficha cadastral, prosseguindo depois para as inscrições que será até dia 20 de Agosto. Professor não perca a oportunidade de ingressar no mundo da informática que ajudará você a lidar com as novas tecnologias que chegam em nossas escolas.


quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Atenção professores que fazem o curso de formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, haverá formação neste dia 31 de Agosto de 2013, na sede da Secretaria Municipal de Educação situada à rua Desembargador Licurgo Nunes,306. 
"O profissional completo, além de acreditar em sua formação, confia também em sua intuição que vem através de suas experiências."

A Secretaria Municipal de Educação comunica aos professores da rede municipal de ensino que neste dia 24 de Agosto de 2013, haverá Curso de Formação na Escola Municipal Edilton Fernandes, referente ao dia 31 de Maio.Participar é preciso!"Os que acreditam em "formação", sabem que é preciso se preparar para a empreitada, ela é longa , é preciso austeridade, leituras e muito esforço."
ACESSORIA DE COMUNICAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARCELINO VIEIRA- DR. JOSE FERRARI DE OLIVEIRA PREFEITO
PARCERIA BLOG   O CIDADAO

MEC quer criar Programa Mais Professores

Brasília – O Ministério da Educação (MEC) quer levar professores a escolas onde faltam docentes em ação semelhante ao Mais Médicos. O Mais Professores faz parte do Compromisso Nacional pelo Ensino Médio, apresentado ontem (21) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, na Câmara dos Deputados. A criação do programa já havia sido comentada antes pelo ministro, mas é a primeira vez que é apresentado em detalhes.

Segundo Mercadante, o compromisso ainda está em fase de desenvolvimento e depende do Orçamento disponível. Entre as ações do programa, está a proposta de levar professores a escolas de municípios com índices de desenvolvimento humano baixos ou muito baixos e que tenham um baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) - índice calculado a partir do fluxo escolar e o desempenhos dos estudantes em avaliações nacionais.

A intenção é que, mediante o pagamento de uma bolsa, professores se disponham a reforçar o quadro dessas escolas. Para as escolas com baixo rendimento, a pasta quer atrair bons professores para melhorar o ambiente acadêmico. Caso não haja professores disponíveis na rede, o MEC cogita a participação de professores aposentados que queiram voltar às salas de aula.
Segundo Mercadante, as áreas com as maiores carências de professores são matemática, física, química e inglês. O ministro diz que as disciplinas representam cerca de 3% das matrículas de ensino superior, índice que tem se mantido constante. O Mais Professores, esclarece o ministro, ainda é uma proposta em aberto.

Além de atrair professores para áreas carentes, o compromisso propõe o aperfeiçoamento da formação continuada dos docentes, com o desenvolvimento de material didático específico e a criação da Universidade do Professor, uma rede que vai concentrar todas as iniciativas voltadas para a formação docente. Pretende-se que em um mesmo portal o professor possa acessar todos os cursos e programas disponíveis.

O compromisso prevê também um redesenho curricular do ensino médio, para que as disciplinas ensinadas tenham uma maior integração entre si. Para que o ensino seja melhorado, a pasta aposta na educação integral. Para 2013, segundo o ministro, está prevista a adesão de 5 mil escolas no ensino de dois turnos. No ano que vem, serão 10 mil centros de ensino.

Faz parte do compromisso a ação Quero ser Professor, Quero ser Cientista, com a oferta de 100 mil bolsas de estudo para jovens que queiram ingressar na área de exatas. Além disso, o ministério desenvolveu, em conjunto com pesquisadores, um kit para estimular o interesse pelas ciências. "Vamos distribuir os kits de ciências para alunos de toda a rede. Ele vai poder manipular, usar. É inspirado em alguns brinquedos, mas mais sofisticado e barato", explicou Mercadante.

Mercadante diz que o ensino médio é uma fase que precisa de atenção. "Andamos muito nos anos iniciais [do ensino fundamental], melhoramos nos anos finais e simplesmente atingimos a meta [do Ideb] no ensino médio. O que é pouco. Ainda precisamos de um salto de qualidade", disse.

Em 2012, 8.376.852 alunos estavam matriculados regularmente e 1.345.864 cursavam o ensino médio pelo Educação de Jovens e Adultos (EJA), de acordo com o Censo Escolar. A maioria das matrículas do ensino médio está na rede estadual de ensino (84,9%). As escolas privadas ficam com 12,7% das matrículas, as escolas federais com 1,5% e as municipais com 0,9%.

A defasagem idade-série ainda é alta, segundo o MEC, em 2012, dos estudantes matriculados no período, 31,1% têm idade acima do esperado para a série que cursam.

Edição: Fábio Massalli
Mariana Tokarnia
Repórter da Agência Brasi  /    BLOG   O  CIDADAO

Senado proíbe venda de refrigerantes e alimentos gordurosos nas escolas




Brasília – A garantia de uma alimentação adequada nas escolas de ensino básico do país depende agora da aprovação dos deputados federais. Hoje (21), o Senado concluiu a votação do projeto de lei que proíbe cantinas e lanchonetes instaladas em escolas de vender bebidas com baixo teor nutricional, como os refrigerantes, ou alimentos com quantidades elevadas de açúcar, de gordura saturada, de gordura trans ou sal.

O montagem dos cardápios destes estabelecimentos é motivo de preocupação em alguns estados, que definiram normas para os cardápios oferecidos aos alunos, mas, até hoje, não há regra que padronize a medida nacionalmente. O assunto é discutido no Congresso há quase oito anos.
Os senadores esperam uniformizar a qualidade dos alimentos e estimular ações de educação nutricional e sanitária nas escolas. O projeto havia sido aprovado no colegiado mas, como a decisão é terminativa, a medida precisou ser submetida a segundo turno de votação. O projeto segue agora para apreciação da Câmara dos Deputados.

Agência Brasil    BLOG  O  CIDADAO

Convite Oficial do Presidente Ricardo Motta - Sessão Solene em Homenagem ao Dia do Blogueiro do RN‏


Neste momento registro o recebimento do convite oficial do deputado estadual Ricardo Mota, presidente da Assembléia legislativa do RN, para a Sessão Solene, em homenagem ao "Dia do Blogueiro", que realiza-se-à, no próximo, dia 02 de Setembro,  na Assembléia Legislativa, e que irá homenagear os mais de 500 blogueiros potiguares. Desde já agradeço pelo carinho da atenção. Vizó
BLOG   O   CIDADAO

Governo do Estado convocará na próxima semana 115 novos professores aprovados em concurso público



O Governo do Estado do Rio Grande do Norte dará continuidade à convocação de professores aprovados no concurso público. No início da próxima semana, será publicada no Diário Oficial do Estado, a convocação de 115 professores que irão atender às demandas iniciais do reordenamento da rede. Até o momento, 3.723 professores já foram convocados, nos últimos dois anos.

A ideia da Secretaria da Educação é convocar os professores à medida que as necessidades sejam confirmadas, a partir dos ajustes motivados pela implantação do terço da hora atividade, que vai permitir que o professor permaneça 20 horas semanais em sala de aula e dedique dez horas para planejamento e atendimento aos alunos.

*Portal da Educação
 
VOSOLANDIA /   BLOG   O CIDADAO

Fábio Faria comemora liberação de recursos para transposição do Rio São Francisco


fábio nova de stellaO Ministério da Integração Nacional assinou três novas ordens de serviço para o Projeto de Integração do Rio São Francisco este mês, autorizando a aplicação de mais de R$ 790 milhões no empreendimento. Do total, R$ 347,9 milhões serão destinados à construção de canais, estações de bombeamento, reservatórios e pontes no Eixo Leste. Os R$ 442,7 milhões restantes serão investidos nas construções de novos reservatórios no Eixo Norte.
“Essa importante obra vai garantir o abastecimento de mananciais dos estados mais atingidos pela seca. Só no Rio Grande do Norte a transposição vai levar água, continuamente, a 95 municípios ao estabilizar o volume das barragens de Santa Cruz e Armando Ribeiro Gonçalves e ao tornar os rios Apodi e Piranha-Açu perenes”, lembra o segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados, Fábio Faria. Em discurso recente na tribuna da Casa, o deputado afirmou: “Isso é sinônimo de libertação para o povo que vive a mercê das condições do tempo ou de ajuda do governo. Eles vão poder se planejar, investir e prosperar”.
Segundo o governo, a aplicação dos recursos vai possibilitar a criação de mais de mil postos de trabalhos nesta fase. O projeto tem atualmente mais de 6 mil empregados. Desde o início do ano, foram emitidas dez ordens de serviços para o projeto. Dos 16 lotes de obras que compõem a construção do empreendimento, dois já estão concluídos: o Canal de Aproximação dos eixos Norte e Leste. Outros 12 ainda estão em andamento e os lotes 6 e 7 serão retomados com a conclusão do processo licitatório da Meta 3N, que já está em curso.
O projeto faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e tem conclusão prevista para 2015. O objetivo do empreendimento é garantir o fornecimento e abastecimento de água a mais de 390 municípios, localizados nos estados de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e do Rio Grande do Norte.
 
ROBSON PIRES   /  BLOG   O CIDADAO/