quarta-feira, 26 de março de 2014

SINTOMAS DO CÂNCER

Foto: SINTOMAS DO CÂNCER 

A princípio, o câncer tem um comportamento silencioso, não demonstrando sinais de sua presença. Dependendo do órgão acometido pelo câncer e do grau que este órgão é envolvido pelo tumor é que se estabelecem as alterações de mau funcionamento. Por isso a necessidade de exames preventivos e conhecer alguns sintomas, já que o diagnóstico precoce diminui significativamente a chance de metástases, aumentando as chances de cura. Dr. Rene Gansl, autor do capítulo de oncologia do nosso livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel) cita os principais sintomas: 

• BEXIGA OU RINS: sangue na urina;

• BOCA: lesões ou ulcerações de difícil cicatrização; 

• COLO DO ÚTERO: sangramento vaginal espontâneo ou pós-coito; 

• ESÔFAGO: dificuldade de deglutição (engolir);

• ESTÔMAGO: vômitos com sangue, fezes enegrecidas (causada pelo sangue digerido), anorexia (falta de apetite), desconforto na região do estômago, repulsa a ingerir carne; 

• FÍGADO: icterícia (pigmentação amarela da pele, mucosas e olhos), urina escura, fezes claras; 

• INTESTINO: alterações do hábito intestinal, anemia, sangramento intestinal; 

• LARINGE: rouquidão persistente;

• MAMA: nódulo mamário, retração do mamilo, assimetria dos seios; 

• OVÁRIO: aumento do volume abdominal causado por acúmulo de líquido (ascite); tumoração palpável na região abdominal “baixa” quando o tumor alcança em média 15 cm; 

• PÂNCREAS: dor abdominal contínua, acompanhada ou não de icterícia; 

• PELE: lesões de pele que sangram ao mínimo contato, mudança das características de pintas pré-existentes, lesão de difícil cicatrização.

• PRÓSTATA: decorrente do prostatismo _ dificuldade de urinar, retenção urinária, ardência uretral, polaciúria (micções frequentes em pequena quantidade); 

• PULMÃO: tosse persistente, tosse com escarro sanguinolento, emagrecimento, dor nas costas ao respirar;

• RETO: sangue e muco nas fezes;

• SISTEMA NERVOSO (tumores cerebrais): dor de cabeça (persistente e progressiva) _ geralmente acompanhada por náuseas e vômitos (devido à pressão ocasionada dentro do cérebro), dormência no corpo, desmaios, falta de equilíbrio, convulsões, paralisia progressiva de um braço e perna do mesmo lado do corpo.

Nunca subestime um sintoma. Procure orientação médica. 
Para você que gosta desta página, é possível também adquirir o livro MEDICINA, MITOS E VERDADES (CARLA LEONEL) – Editora CIP. Edição Ampliada e Atualizada. São mais de 5 mil assuntos, em 800 páginas, 22 especialidades médicas com os maiores nomes da Medicina do Brasil! Capa Dura. Por R$ 99,00 ou em até 10x R$ 9,90 sem juros! Frete grátis para todo país! À venda nas livrarias ou pelo site www.medicinamitoseverdades.com.br
A princípio, o câncer tem um comportamento silencioso, não demonstrando sinais de sua presença. Dependendo do órgão acometido pelo câncer e do grau que este órgão é envolvido pelo tumor é que se estabelecem as alterações de mau funcionamento. Por isso a necessidade de exames preventivos e conhecer alguns sintomas, já que o diagnóstico precoce diminui significativamente a chance de metástases, aumentando as chances de cura. Dr. Rene Gansl, autor do capítulo de oncologia do nosso livro Medicina, Mitos e Verdades (Carla Leonel) cita os principais sintomas:

• BEXIGA OU RINS: sangue na urina;

• BOCA: lesões ou ulcerações de difícil cicatrização;

• COLO DO ÚTERO: sangramento vaginal espontâneo ou pós-coito;

• ESÔFAGO: dificuldade de deglutição (engolir);

• ESTÔMAGO: vômitos com sangue, fezes enegrecidas (causada pelo sangue digerido), anorexia (falta de apetite), desconforto na região do estômago, repulsa a ingerir carne;

• FÍGADO: icterícia (pigmentação amarela da pele, mucosas e olhos), urina escura, fezes claras;

• INTESTINO: alterações do hábito intestinal, anemia, sangramento intestinal;

• LARINGE: rouquidão persistente;

• MAMA: nódulo mamário, retração do mamilo, assimetria dos seios;

• OVÁRIO: aumento do volume abdominal causado por acúmulo de líquido (ascite); tumoração palpável na região abdominal “baixa” quando o tumor alcança em média 15 cm;

• PÂNCREAS: dor abdominal contínua, acompanhada ou não de icterícia;

• PELE: lesões de pele que sangram ao mínimo contato, mudança das características de pintas pré-existentes, lesão de difícil cicatrização.

• PRÓSTATA: decorrente do prostatismo _ dificuldade de urinar, retenção urinária, ardência uretral, polaciúria (micções frequentes em pequena quantidade);

• PULMÃO: tosse persistente, tosse com escarro sanguinolento, emagrecimento, dor nas costas ao respirar;

• RETO: sangue e muco nas fezes;

• SISTEMA NERVOSO (tumores cerebrais): dor de cabeça (persistente e progressiva) _ geralmente acompanhada por náuseas e vômitos (devido à pressão ocasionada dentro do cérebro), dormência no corpo, desmaios, falta de equilíbrio, convulsões, paralisia progressiva de um braço e perna do mesmo lado do corpo.

Nunca subestime um sintoma. Procure orientação médica. 

BLOG  O  CIDADAO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

TSE diz que tem condições de manter eleições de outubro   POSTADO POR BLOG  O CIDADAO ...