quarta-feira, 25 de junho de 2014

Julgamento de Betinho Rosado no TSE não chega ao fim e ele será candidato à reeleição

Ministra Luciana Lóssio pediu vistas do processo de infidelidade partidária contra o parlamentar potiguar


Por Leonardo Dantas
Demora no julgamento possibilita Betinho para concorrer na eleição deste ano (Foto: Alberto Leandro)
Demora no julgamento possibilita Betinho para concorrer na eleição deste ano (Foto: Alberto Leandro)
O julgamento do deputado Federal, Betinho Rosado (PP), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não chegou ao fim, apesar de ter entrado na pauta do Pleno, na terça-feira (24). A ministra Luciana Lóssio pediu vistas do processo de infidelidade partidária contra o parlamentar potiguar o que deixa o caso em aberto e permite uma possível candidatura de reeleição à Câmara.
O processo partiu do DEM, antigo partido do deputado. Na acusação, consta que ele teria usufruído do partido por três anos – período em que foi eleito, nomeado secretário do Governo do Rio Grande do Norte e voltado à Câmara dos Deputados – até deixar legenda.
Em contato com o portalnoar.com, Betinho disse que a discussão partidária deve ser ampliada, por isso o pedido de vistas. “A defesa pediu o levantamento de alguns pontos que precisam ser revistos. O advogado defende a tese de que a fidelidade partidária possui duas mão, a fidelidade do político com o partido, mas também do partido com o político”, disse.
Continuando, ele argumentou que “o relator se prende ao fato de eu ter deixado após três anos, mas o que o DEM fez comigo foi um tipo de infidelidade. Por isso a ministra pediu para rever alguns pontos e só depende dela quando voltará a pauta”.
Sem condenação e com decisão em aberto no TSE, a reeleição de Betinho Rosado é uma possibilidade. Ele confirmou que o partido, o qual preside em nível estadual, fará sua convenção no domingo (29), quando anunciará os aliados na chapa majoritária e os candidatos na proporcional.
Ele adiantou que existe “diálogo avançado” com o grupo ligado ao PSD, do vice-governador Robinson Faria, que concorrerá ao Governo. Na proporcional, ele afirmou haver nomes de políticos de João Câmara, Caicó e São Gonçalo do Amarante em condições de concorrer. Entre esses nomes estaria o próprio filho do presidente, Betinho Segundo, também filiado ao PP. “Nossa meta é obter 200 mil votos e eleger representantes do PP. Quando ao meu filho não tem nada definido”, disse.

O   CIDADAO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

  ÃE E FILHA DE SANTANA DO MATOS MORREM EM GRAVE ACIDENTE NA BR-304 PRÓXIMO A LAJES Postado por Assú Noticia às 20:33 Da...