quarta-feira, 25 de junho de 2014

PARAIBANO SE DESTACA POR CRIAR APLICATIVO QUE AJUDA UNIVERSITÁRIOS




Um aplicativo para smartphone que permite ao estudante de qualquer universidade do país gerenciar seu desempenho acadêmico foi criado e disponibilizado gratuitamente pelo funcionário público paraibano Luciano Medeiros, que desenvolveu a ferramenta para a plataforma Android, por hobby.

Durante as horas vagas, Medeiros se dedicava ao ‘eNotas’, que permite registrar as notas, médias referentes às disciplinas cursadas, quantidade de créditos pagos e cálculo do Coeficiente de Rendimento Escolar (CRE). 

Luciano Medeiros, que é formado em computação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), contou que percebeu entre os seus amigos da universidade a necessidade de uma ferramenta com as características do aplicativo criado por ele, mas que após pesquisar e não encontrar nada parecido, resolveu criar o produto, inicialmente como um caso de teste e para colocar em prática os conhecimentos.

“Esse aplicativo é um hobby para mim, foi mais uma prova de conceito para eu aprender o que eu estava estudando. O tempinho que eu tinha livre eu ia desenvolvendo. A visão do aplicativo eu sempre discutia com os meus colegas da universidade, para saber como eles pensariam na interface, na funcionalidade. Fiz uma pesquisa de campo, dentro da minha rede de contatos, aí fui desenvolvendo, até que no dia 21 de abril deste ano eu liberei o aplicativo na Play Store”, disse Medeiros.

Fanático por tecnologia, segundo ele mesmo, Luciano disse que em sua pesquisa encontrou alguns aplicativos que funcionavam apenas como bloco de notas, mas nenhum que ajudasse no cálculo de médias, CRE ou para registro do desempenho escolar voltado para o ambiente universitário, com as necessidades percebidas por ele.  O   CIDADAO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

  ÃE E FILHA DE SANTANA DO MATOS MORREM EM GRAVE ACIDENTE NA BR-304 PRÓXIMO A LAJES Postado por Assú Noticia às 20:33 Da...