terça-feira, 24 de junho de 2014

Rosalba se curva a Robinson Faria de olho na cadeira do prefeito Silveira Jr

Carlos e Rosalba adotam tática do “Tamanduá” para apoiar PSD agorar e “matar” partido nas eleições/2016
Por: Gutemberg Moura
Desprezada no DEM, reprovada pela opinião pública, encrencada na Justiça Eleitoral (hoje ela está inelegível) e sem perspectiva política em curto prazo, a governadora Rosalba Ciarlini encontrou um saída para “sobreviver” politicamente: curvar-se a Robinson Faria e apoiar a candidatura do vice-governador ao Governo do Estado nas eleições estaduais deste ano.
Mas afinal de contas, se Rosalba está mergulhada no descrédito político e popular, por que ela resolveu pular de paraquedas na campanha do então desafeto Robinson Faria? Fazendo uso de uma expressão à lá Sherlock Holmes, “É elementar, meu caro Waltson!”. O rosalbismo está de olho na retomada da hegemonia na sua principal base política, Mossoró.
Na prática, a governadora e seu staff político (leia-se o ex-deputado Carlos Augusto Rosado) prepara uma arapuca para o PSD, especialmente para o prefeito Francisco José Jr. De que forma? De várias maneiras. A começar pela “paternidade” de uma eventual vitória de Robinson em Mossoró, na batalha do pessedista ao Governo do Estado.
Dificilmente, a governadora deixaria de reivindicar, pra si, a vitória de Robinson. E, com certeza cobraria muito caro por isso. A vitória de Robinson em Mossoró, com o apoio de Rosalba, poderia, inclusive, comprometer o projeto político do PSD, em curto prazo. É que, pela “fome” de poder do rosalbismo, o grupo quer mesmo é a cadeira de prefeito, em 2016.
A candidatura de Rosalba à Prefeitura de Mossoró, nas próximas eleições municipais, é dada como “inegociável” pela cúpula rosalbista. A ideia do grupo é que a governadora aproveite a campanha de 2014 para voltar a ter um palanque na principal base política, perdida em 2013 com a cassação do mandato da ex-prefeita Cláudia Regina, do DEM.
“Abraço de Tamanduá” – O que a “Rosa” prepara para o PSD é um autêntico “abraço de tamanduá”, Primeiro afaga, depois mata (pelas costas), entrando na briga direta pela Prefeitura nas próximas eleições municipais. Um risco desnecessário para o prefeito Francisco José, que vem realizando uma administração elogiada pela crítica e aprovada pelos mossoroenses.
Pelo projeto traçado pelo ex-deputado Carlos Augusto, mentor político de Rosalba, o prefeito Francisco José Júnior iria apenas “guardar a cadeira” para Rosalba, em 2016.

Fonte: www.gutembergmoura.com.br
    O    CIDADAO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

  ÃE E FILHA DE SANTANA DO MATOS MORREM EM GRAVE ACIDENTE NA BR-304 PRÓXIMO A LAJES Postado por Assú Noticia às 20:33 Da...