quarta-feira, 29 de abril de 2015

Dois são mortos e dois são baleados em poucas horas na grande João Pessoa/PB e Litoral Norte

Homem foi esfaqueado e morreu, em Bayeux/PB
Dois homicídios e duas tentativas ocorreram entre o fim da tarde e o início da noite desta terça-feira (28). Três fatos ocorreram na Grande João Pessoa, nos bairros de Mandacaru, na Zona Norte, Valentina Figueiredo, Zona Sul, e no município de Bayeux. O outro caso aconteceu no município de Mamanguape, no Litoral Norte, a 62 km da Capital.

O primeiro episódio ocorreu por volta das 17h30, em Bayeux. Segundo a Polícia Militar, um homem de cerca de 40 anos estava consumindo bebida alcoólica no local onde residia, no bairro Mutirão, na companhia de uma mulher com problemas mentais. Teria ocorrido uma discussão entre os dois e a mulher acabou esfaqueando o homem, que não resistiu ao ferimento e morreu. Ela foi presa em flagrante.

Na comunidade Alto do Céu, no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, um homem de 43 anos foi morto a tiros. De acordo com a PM, ele estaria na frente da casa onde morava quando suspeitos que ainda não haviam sido identificados chegaram e efetuaram cerca de cinco disparos. 

A vítima ainda tentou correr, mas acabou morrendo no local. Os oficiais desconheciam as motivações para o crime, informando que o homem assassinado não era usuário de drogas e não tinha passagem pela polícia. Ele tinha, no entanto, sofrido outro atentado há dois anos, do qual se recuperou após ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

Na comunidade Torre de Babel, no bairro Valentina Figueiredo, um jovem de 19 anos sofreu um tiro no pescoço. Segundo agentes do 5º Batalhão da Polícia Militar, a vítima estava se dirigindo à padaria quando foi atingida por um suspeito que chegou a pé e fugiu em seguida. Conforme a PM, o baleado foi socorrido para o ‘Trauma’ com quadro estável. Moradores informaram à polícia que desconheciam o suspeito.

Em Mamanguape, um jovem de 18 anos foi baleado por três suspeitos em via pública, no bairro Gurguri. Ele sofreu quatro disparos de arma de fogo, sendo um nas costas, um no braço direito, um na boca e outro no peito. A PM disse que ele foi socorrido consciente e indicou aos oficiais quem seria um dos suspeitos, que era procurado. Ele também seria direcionado ao ‘Trauma’ de João Pessoa.

*Portal Correio   o   cidadao

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.