domingo, 26 de abril de 2015

População do semiárido potiguar recebe 159 cisternas nesta terça

 
O Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários (Seapac) irá inaugurar nesta terça-feira (28), 159 cisternas em cidades da região Agreste potiguar. As cisternas são parte do Programa de Cisternas do Rio Grande do Norte, desenvolvido pelo governo do estado em convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS).

Comunidades rurais de Angicos e Lajes receberão, respectivamente, 101 e 58 unidades. As cisternas são voltadas para a captação e armazenamento de água para a produção de alimentos.
Cada reservatório tem capacidade para 16 mil litros e é capaz de garantir água para atender uma família de cinco pessoas em um período de estiagem de aproximadamente oito meses. Calhas são instaladas nas casas e captam a água da chuva para a cisterna.
O Programa de Cisternas do MDS existe desde 2003, ano em que chegou ao Rio Grande do Norte. Pausado no estado em 2004 e retomado em 2010, o programa é voltado principalmente para a municípios da região do semiárido. Segundo dados fornecidos pela Sethas, 100 municípios do estado já foram beneficiados pelo programa. Para 2015 o valor disponibilizado foi de R$ 33,8 milhões.
Seapac
O Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários (Seapac) é uma instituição ligada à Igreja Católica fundada em 1993. Atualmente a Seapac é uma das empresas executoras do Programa de Cisternas do RN.

Fonte: G1
 
O   CIDADAO

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.