sexta-feira, 24 de abril de 2015

VI NO VOZ DO POVO: O QUE A MÍDIA NÃO MOSTRA, O QUE OS EUROPEUS ESCONDEM, TRÁFICO HUMANO


Créditos: Henrique Canary

A imagem é estarrecedora. Mas não se pode fechar os olhos. Eles chegaram como lixo à praia, descartados pela civilizada Europa, que de seus países não precisa de outra coisa além das riquezas naturais e do livre comércio. Foram 700 de uma só vez, mas ao todo já morreram às dezenas de milhares. Só que ninguém se importou. Do século 16 ao 19 eles chegavam em diversos países contra sua vontade, em navios negreiros. Agora chegam assim. Eis diante de vós o progresso prometido. A civilizada Europa se preocupa com suas vidas, seu bem-estar e seus direitos democráticos, desde que eles não se aproximem das fronteiras do velho continente. Agora falam em combater o "tráfico humano", expressão cuidadosamente escolhida para esconder o fato de que se trata de refugiados que fogem das guerras e da fome provocadas pelas políticas do próprio imperialismo europeu, além do americano. A Europa não reconhece sua condição de refugiados ou imigrantes, porque isso acarretaria a obrigação de acolhê-los. Trata-se apenas de "mais um tráfico". E como se combate o tráfico? Ontem os dirigentes europeus reunidos em Bruxelas decidiram: vão usar drones para bombardear embarcações ("vazias", eles salientam) ancoradas nos portos da Líbia e que sejam capazes de transportar imigrantes ilegais até a costa da Itália e Grécia. Ou seja, agora centenas de pescadores líbios ficarão sem meios de vida. E aqueles que antes fugiam, morrerão ali mesmo, em sua própria terra, mas sem perturbar a "recuperação econômica" promovida por Ângela Merkel e Christine Lagarde. Drones contra refugiados... Que bela solução, Europa...
 
Via: Voz do Povo 
 
O CIDADAO

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.