quinta-feira, 14 de maio de 2015

14/mai/2015
ás 11:43
Publicado por Robson Pires na categoria

Juiz nega pedido de ex-goleiro Bruno voltar a trabalhar

bruno presoA Vara de Execuções Penais de Contagem, em Minas Gerais, negou o pedido do ex-goleiro Bruno para voltar a trabalhar na penitenciária Nelson Hungria. O juiz concluiu que o ex-goleiro não tem mais direito a vaga porque mudou de presídio, em junho do ano passado, na esperança de jogar pelo Montes Claros.
Esta não é a primeira vez que o goleiro tem seu pedido negado. Bruno, que cumpre pena de 22 anos e três meses de prisão pela morte da modelo Eliza Samudio, foi transferido para a Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá, no Norte de Minas, onde está desde junho de 2014.


O  CIDADAO

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.