sexta-feira, 15 de maio de 2015

Dr. Samuel e família abandonam o lar por causa de ameaça de morte contra sua Irmã Silvia

Postado por Verônica Rodrigues às 10:26


A família do Advogado Dr. Samuel, composta por ele sua irmã Sílvia, sua sobrinha Maria Laura (menor de idade) e seu cunhado Vanoca, no dia 14/05/2015 abandona o lar em que residem há 20(vinte) anos, por causa de ameaça de morte proferida por seu vizinho Regis Maria Fernandes, conhecido por Regis, contra a sua Irma Sílvia.
A ameaça de morte aconteceu na noite do dia 01 de maio do corrente, a vítima da ameaça - Sílvia estava recebendo seus amigos na calçada de sua residência, quanto o vizinho sentiu-se incomodado e saiu do interior de sua casa e disse que iria “pipinar ela na bala”!
É salutar frisar que na noite em que a vítima Silvia foi ameaçada de morte, a mesma encontrava-se em sua residência na companhia de amigos e sua filha (no quarto dormindo), estando ausentes da cidade seu irmão Dr. Samuel e seu esposo Vanoca, e assim sendo, Silvia temendo por sua vida e sentindo-se desprotegida, dormiu na casa de amigos. 
A vítima da ameaça – Silvia, em momento algum revidou a ameaça de morte, permanecendo todo tempo calada, contudo entrou em contato com seu irmão, o Advogado Dr. Samuel, que imediatamente, solicitou ao Destacamento da Policia Militar ir até sua residência, e assim foi procedido.
Na manha da quarta feira - dia 06/05/2015 - Dr. Samuel e sua irmã Sílvia registraram a ocorrência na Delegacia de Policia Civil de Alexandria/RN, o qual gerou o Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO – Processo Nº 0100154-31.2015.8.20.0143 que tramita no Juizado Especial Criminal da Comarca de Marcelino Vieira-RN (Consulta pública pelo site do TJRN). Frise-se, que o autor dos fatos, ora ré no processo citado, representou Silvia por perturbação, tendo Regis em seu depoimento negado, a ameaça de morte.
Diante de tais fatos, a família se ver obrigada a sair de sua casa própria, na qual residem há 20 (vinte) anos por temer as ameaças proferidas, sendo muito lamentável, haja vista que tal família nasceu e se criou na “Rua de baixo”, não tendo inimizades com ninguém, sendo conhecida como uma família pacífica e diplomática, ao passo que, o vizinho Regis já colhe outras inimizades na vizinhança.  Fonte: Vieirense em Foco 

O   CIDADAO

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.