sexta-feira, 15 de maio de 2015

Ex-deputados são denunciados por envolvimento na Operação Lava Jato

tres na cadeia
O Ministério Público Federal (MPF) denunciou os ex-deputados André Vargas, Pedro Corrêa e Luiz Argôlo à Justiça Federal do Paraná, nesta quinta-feira (14). Além deles, outras 10 pessoas foram denunciadas, dentre elas a filha de Pedro Corrêa, Aline Corrêa, que também foi deputada federal. As três denúncias são relacionadas à 11ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada em abril, e são referentes ao núcleo de cada ex-parlamentar.
Veja os acusados e os crimes em cada denúncia:
– Núcleo André Vargas André Luiz Vargas Ilário – Corrupção, Lavagem de dinheiro, Organização Criminosa. Leon Dênis Vargas Ilário – Corrupção, Lavagem de dinheiro, Organização Criminosa. Milton Vargas Ilário – Corrupção, Lavagem de dinheiro, Organização Criminosa. Ricardo Hoffmann – Corrupção, Lavagem de dinheiro, Organização Criminosa.
-Núcleo Pedro Corrêa Pedro Corrêa – Corrupção passiva, Lavagem de dinheiro, Peculato. Ivan Vernon – Lavagem de dinheiro, Peculato, Organização criminosa. Márcia Danzi – Lavagem de dinheiro, Organização criminosa. Aline Corrêa – Peculato. Alberto Youssef – Lavagem de dinheiro. Rafael Ângulo Lopez – Lavagem de dinheiro. Fábio Corrêa – Lavagem de dinheiro, Organização Criminosa.
– Núcleo Luiz Argôlo Luiz Argôlo – Corrupção, Lavagem de dinheiro, peculato. Alberto Youssef – Corrupção, Lavagem de dinheiro. Rafael Ângulo Lopez – Corrupção, Lavagem de dinheiro. Carlos Alberto Costa – Corrupção, Lavagem de dinheiro.
Os ex-parlamentares estão entre os sete presos da 11ª etapa da ação da Polícia Federal (PF). Eles seguem presos na carceragem da Polícia Federal em Curitiba. Paraná, Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo foram os seis estados envolvidos na 11ª etapa da operação, que foi batizada de “A Origem”.

O  CIDADAO

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.