quarta-feira, 3 de junho de 2015

Ex prefeito do Encanto está preso em casa por medida cautelar

O Juiz responsável pela comissão do Juri da comarca de Pau dos Ferros, Paulo Henrique de Farias, optou nesta terça-feia 02, por adiar mais uma vez o julgamento do ex prefeito do Encanto, Gonçalo Chaves Leite Neto, acusado de ser o mandante do crime que vitimou a pessoa de José Carlos Filho no dia 08 de Abril de 1990. Relembre o caso AQUI.  O Juiz entendeu que entre os 21 membros intimadas a fazer parte da comissão do Juri, várias deles teriam sido coagidas a votar em favor da absorvição dos réus.

Com esse entendimento, o Juiz optou por adiar e mudar o local onde deverá ocorrer o próximo julgamento. Segundo o Juiz o próximo Juri dos acusados deverá acontecer em Natal ou Mossoró. O local e a data ainda serão definidos pela Justiça.

Após a confirmação do adiamento do Juri, o Ministério Público pediu a prisão imediata dos acusados. Seguido por debate entre acusação e defesa, o Juiz determinou o recolhimento domiciliar através de medidas cautelares aos finais de semanas, feriados e durante o período da noite a partir das 19hs, salvo em caso de trabalho. O cumprimento das medidas foram aplicadas aos três acusados, o ex prefeito Gonçalo Chaves Leite Neto, o seu cunhado, Antônio Vanomark Dantas Bezerra e de Manoel Paulino da Silva, ambos acusados na participação da morte do vereador José Carlos Filho. Os acusados irão cumprir as medidas até a data do próximo julgamento.

O Blog entrou em contato com a defesa dos acusados através do advogado Audeberto de Alencar Coêlho. Perguntado se a defesa iria apelá com pedidos recursos, o mesmo disse que no momento não iria se manifestar sobre o assunto.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.