sexta-feira, 19 de junho de 2015

Morre aos 68 anos o Grande Sanfoneiro Caçula Benevides


Morreu na manhã desta sexta-feira, dia 19 de junho de 2015, aos 68 anos, Manoel Monteiro Benevides, mais conhecido como Caçula Benevides, um dos maiores mestres sanfoneiros do Rio Grande do Norte. 

De acordo com a família do artista, que era natural de Caraúbas, Caçula Benevides estava internado há alguns dias no Hospital Regional Doutor Tarcísio de Vasconcelos Maia, na Rua Projetada, S/N (Aeroporto), em Mossoró, por ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Caçula Benevides era casado com Vera Lúcia Benevides e deixou quatro filhos, (um homem e três mulheres) e 5 netos. O artista completou a pouco tempo 50 anos de carreira e durante esse período, se apresentou com o rei do baião, o grande Luiz Gonzaga, Domingos, Dorgival Dantas, entre outros grandes nomes do forró.

Nota do Icém Caraúbas:

O Rio Grande do Norte perdeu um dos seus mestres da música popular nordestina com a morte de Caçula Benevides. Um mestre pela maestria com a qual desempenhava sua arte e também pelo apoio e o incentivo que deu às novas gerações. Fica mais uma lacuna que dificilmente será preenchida. Presto minha solidariedade aos familiares e amigos do Mestre Caçula.

Lamentamos o falecimento de Caçula Benevides. "Após o maestro da sanfona completar meio século animando a música nordestina, Caçula parte deixando um rico repertório e um exemplo de dedicação à difusão da nossa cultura. Que a alegria de suas imortais criações e seu exemplo de mestre generoso sigam inspirando não apenas as novas gerações de sanfoneiros, mas a todos nós, que assumimos como missão contribuir para a formação cultural da nossa gente".
 
O  CIDADAO

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.