quarta-feira, 8 de julho de 2015


quarta-feira, 8 de julho de 2015

Médico que cobrava dinheiro para atender pacientes do SUS é preso

O   CIDADAO


Resultado de imagem para doutor medicina
O médico ortopedista de Cornélio Procópio, no norte do Paraná, acusado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) por cobrar dinheiro de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) foi preso preventivamente nesta terça-feira (7). O profissional estava em Bandeirantes, também na região norte, quando foi preso.
De acordo com o MP-PR, o médico exigia que pacientes pagassem para realização de procedimentos custeados pelo SUS. Na denúncia, várias pessoas relataram que pagaram adicionais ao médico, pois ele dizia que o atendimento seria mais rápido. Na maioria dos casos, a cobrança era feita a pacientes com ferimentos graves, como fraturas expostas, por exemplo.

No decreto da prisão preventiva, a Justiça alega que médico se aproveitava do desespero e temor dos pacientes. Conforme a decisão, o profissional “utilizava argumentos infundados, ora dizendo que as cirurgias e retornos não podiam ser feitos pelo SUS, ora alegando que não havia vagas ou que a qualidade do atendimento seria inferior se não houvesse o pagamento exigido”.

Ainda segundo a denúncia do MP-PR, o médico ortopedista cobrava para realizar cirurgias, exames e concessão de atestados. Geralmente, as vítimas do golpe eram pessoas humildes, que não sabiam de seus direitos, e acabavam concordando com a cobrança por estarem em situação de risco.

*G1 PR

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.