segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Jogos de videogame violentos provocam agressividade, diz estudo

O   CIDADAO

2011110907376A discussão sobre se jogos de videogame violentos provocam comportamentos agressivos em seus jogadores não é nova, e existe uma longa lista de estudos a favor e contrários a esta tese. O mais recente deles, publicado pela Associação Americana de Psicologia, afirma que, sim, esses jogos influenciam negativamente os seus jogadores.
O levantamento analisou cerca de 300 estudos sobre o tema, publicados entre 2005 e 2013, e concluiu que a exposição a jogos de videogame violentos é um “fator de risco” para o aumento da agressividade entre jogadores.
“A pesquisa demonstra uma relação consistente entre o uso de jogos de videogame violentos e o aumento de comportamentos agressivos e de cognição agressiva, e uma diminuição de comportamentos sociáveis, empatia e sensibilidade a agressões”, afirma o estudo, que ressalta ainda que nenhuma influência sozinha levou alguém a se tornar mais violento, mas sim “uma acumulação de fatores de risco”.
Os especialistas também deixaram explícito que não há evidências suficientes para concluir que jogos como “GTA” e “Call of Duty” levam os jogadores a realizar atos criminosos.
— Sabemos que existem diversos fatores de risco que levam a um comportamento agressivo. O que os pesquisadores precisam fazer agora é conduzir estudos que observem os efeitos dos videogames nas pessoas que já apresentam propensão a um comportamento agressivo ou violento devido a uma combinação de riscos — afirma Mark Applebaum, um dos responsáveis pela pesquisa.
Diante do resultado, a Associação Americana de Psicologia recomendou aos criadores dos jogos eletrônicos que eles devem aumentar os níveis de controles parentais sobre a quantidade de violência que os títulos possuem.
O Globo

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.