quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Organizadores racham antes de atos pró-governo nesta quinta

O  CIDADAO

PtrachadoOs organizadores dos atos marcados para esta quinta-feira (20), que fazem contraponto aos protestos pró-impeachment de domingo (16), chegarão às ruas divididos sobre a defesa do governo. A informação é da Folha de São Paulo. Grupos ligados ao PSOL e a Guilherme Boulos, líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), visto como dono da maior capacidade de mobilização, alertaram os demais movimentos que não defenderão Dilma Rousseff e que vão mirar temas sensíveis ao governo.
Entre eles estão o ajuste fiscal conduzido pelo ministro da fazenda Joaquim Levy, e a Agenda Brasil, pacto firmado com o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB­AL), ambos criticados no manifesto intitulado “Contra a Direita e o Ajuste Fiscal”, assinado pelos organizadores. Entidades com ligação histórica com o PT, como CUT e UNE, no entanto, adotarão um discurso mais ameno em relação ao governo e usarão palavras de ordem contra o impeachment de Dilma.



0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.