sábado, 22 de agosto de 2015

Pau dos Ferros encontra no sub solo solução para falta de água 

 

O  CIDADAO

 
Foto: Reprodução
 
Da redação do Mossoró Hoje

O povo de Pau dos Ferros encontrou no subsolo a solução para a falta de água que assola o município desde que a barragem do município secou, em 2014. O prefeito Fabrício Torquato conseguiu recursos para perfurar 20 poços e logo no primeiro poço água de boa qualidade jorrou com abundância (video).
"Foi uma felicidade grande", declara o prefeito Fabrício Torquato em contato com o MOSSORÓ HOJE. O município já tem outros nove poços, mas não produzindo tanto água como este primeiro da quantidade de vinte que serão perfurados nas próximas semanas. O sucesso do primeiro é animador para os demais.
O município de Pau dos Ferros tem cerca de 30 mil habitantes e recebe população de outras 36 pequenas cidades do Rio Grande do Norte, assim como também da Paraíba e do Ceará, para atividades no comércio, bancário e principalmente para estudar nos Campi da UERN, UFERSA e IFRN.
O município enfrenta forte crise no abastecimento de água, desde que a Barragem de Pau dos Ferros secou. Atualmente a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte está abastecendo a cidade, através de uma adutora expressa, instalada pelo Governo do Estado a partir da Barragem de Santa Cruz, em Apodi.
O prefeito Fabrício Torquato disse que água que vem de Santa Cruz é pouca para atender a demanda da cidade, assim como municípios vizinhos. Reconhece e enaltece o esforço do Governo do Estado para colocar a adutora de engate-rápido em funcionamento. Disse que o povo de Pau dos Ferros fica grato.
Entretanto, ele quer segurança hídrica na cidade. E esta segurança, para o gestor, virá a partir dos poços que estão sendo perfurados. O custo não é tão alto para o benefício que será a população. Informou que investe menos de R$ 50 mil para perfurar os 20 poços, que tem menos de 80 metros de profundidade.
O trabalho de perfuração de poço começou esta semana e deve ser concluído em setembro ou outubro, variando para mais ou para menos, conforme as dificuldades que forem encontradas no trabalho de perfuração dos poços.
As cidades de Francisco Dantas, São Francisco do Oeste e Rafael Fernandes, também vítimas da falta de água, devem adotar o mesmo procedimento e assim ter água de boa qualidade para reforçar o abastecimento já feito pela CAERN em suas cidades.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.