quarta-feira, 19 de agosto de 2015




 

Aprovado por apenas 10% dos nordestinos, como mostra o último Datafolha, o governo Dilma pode perder ainda mais apoio na região que tantos votos deu à presidente em 2014, avalia Lauro Jardim, na Veja Online.
Reela Jardim que os contratos para instalação de 33 000 cisternas do programa Água para Todos, que distribui material para captação e armazenamento de água, foram suspensos porque os ministérios da Saúde, da Integração Nacional e do Desenvolvimento Social não pagam as faturas há cerca de três meses. A dívida é de 350 milhões de reais.
A suspensão dos contratos, que pode virar cancelamento caso a inadimplência siga, prejudica o acesso de 165 000 pessoas à água nos estados de Bahia, Ceará, Piauí e Minas Gerais.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.