terça-feira, 18 de agosto de 2015

VÍDEO: Na TV, comentarista chama apoiadores de Lula de ‘cachaceiros’

O  CIDADAO

O historiador e escritor Marco Antonio Villa é um dos mais contundentes críticos de Dilma, Lula e do PT.
Toda segunda-feira ele participa ao vivo da bancada do Jornal da Cultura, da TV Cultura de São Paulo, ao lado do âncora Willian Côrrea e do também comentarista Airton Soares, advogado e ex-deputado federal petista.
Villa e Soares frequentemente protagonizam duelos de opiniões que rendem algumas das maiores audiências da emissora.
Ontem, o historiador elogiou as manifestações antigoverno realizadas em todo o país no domingo (16) e exaltou-se ao reprovar o ato pró-Lula realizado, no mesmo dia, diante do instituto do ex-presidente na zona sul de São Paulo.
Ele usou o termo ‘cachaceiros’ para se referir aos simpatizantes de Lula que participaram do churrasco de espetinhos organizado pela CUT (Central Única dos Trabalhadores): “Os cachaceiros vieram de São Bernardo (do Campo) com ônibus pagos pelo sindicato”.
Villa mostrou-se irritado também com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Chegou a acusá-lo de dificultar o andamento de uma petição de processo de impeachment contra a presidente Dilma.
“Janot, tô de olho em você. Você tá mais pra enganô do que pra Janot”, disse. Na sequência, reclamou da presença do procurador-geral num jantar oferecido por Dilma no Palácio da Alvorada, no último dia 11, do qual também participaram quatro ministros do STF.
Outro alvo de Marco Antonio Villa foi o Datafolha. Ele contestou o número de manifestantes apurado pelo instituto (135 mil pessoas na Avenida Paulista) e a declaração do diretor da empresa, Mauro Paulino, sobre a baixa adesão de jovens às manifestações: “Discordo, e como!”
O comentarista, autor dos livros ‘Um País Partido: 2014 – A Eleição Mais Suja da História’ (Editora Leya) e ‘Década Perdida: Dez Anos de PT no Poder’ (Editora Record), queixou-se ainda da postura de alguns veículos de imprensa.
“Há certa depreciação da manifestação de ontem (domingo) e isso não é certo.”
É possível assistir à edição de segunda-feira do Jornal da Cultura no portal da emissora (http://tvcultura.cmais.com.br/jornaldacultura) e no YouTube (https://goo.gl/Um2L1Q).
Terra

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.