segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Situação é considerada crítica em 33 reservatórios no RN

 

O  CIDADAO 

Postado por Verônica Rodrigues às 19:40



Entre os 47 reservatórios de água do Rio Grande do Norte, a situação é crítica em 33 deles. Desse total, 21 já estão no volume morto e outros 14 suportam apenas alguns meses de abastecimento, conforme relatório da situação volumétrica da Secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e informações da diretora de empreendimentos da Companhia de Águas e Esgotos (Caern), Geni Formiga.

De acordo com Geni Formiga, 33 reservatórios do estado estão ou no volume morto ou se aproximando da situação. “Em média, quase 70% dos reservatórios do estado estão com problemas”, revelou a diretora da Caern.

O governador Robinson Faria (PSD), em entrevista ao portal Nominuto.com e Jornal 96 na última terça-feira (8), disse que o Rio Grande do Norte possui apenas 24% de reserva de água.

As maiores bacias hidrográficas do RN, a Piranhas/Assu e a Apodi/Mossoró sofrem com a pouca quantidade de água. A primeira conta com apenas 22,49% de sua capacidade de água, já a segunda está com apenas 27,39%.

Diante do quadro, 34 cidades enfrentam o sistema de rodízio de abastecimento e 12 estão em colapso de água. A maioria dos municípios atingidos estão na região do Alto Oeste, embora o Seridó também sofra com o desabastecimento.

Confira a situação dos reservatórios por bacia
Bacia Apodi / Mossoró
Bonito II (1,25%) - Volume morto
Flechas (9,62%) - Volume morto
Pau dos Ferros (0,31%) - Volume morto
Passagem (8,36%) - Volume morto
Malhada Vermelha (1,41%) - Volume morto
Riacho da Cruz II (48,44%) - Suporta 13 meses
Lucrécia (0,85%) - Volume morto
Santo Antonio de Caraúbas (0,35%) - Volume morto
Encanto (92,50%) - Suporta 28 meses
Marcelino Vieira (9,81%) Suporta 1 mês
Morcego (17,36%) - Suporta 4 meses
Tourão (4,99%) - Suporta 17 meses
Santa Cruz do Apodi (35,08%) - Suporta 45 meses
Umarí (26,27%) - Suporta 19 meses
Brejo (Sem informações suficientes)
Apanha Peixe (Sem informações suficientes)
Santana (Sem informações suficientes)
Jesus Maria José (Sem informações suficientes)
Pilões (Sem informações suficientes)
Total: 8 volume morto
Total: 7 Ainda suportam alguns meses
Total: 5 Sem informações
Bacia Piranhas/Assu
Beldroega (31,89%) – Suporta 7 meses
Mendubim (20,96%) – Suporta 19 meses
Eng. Armando R. Gonçalves (25,56%) – Suporta 14 meses
Pataxó (76,08%) – (Suporta 20 meses)
Rio da Pedra (10,12%) – Volume morto
Alecrim (sem informações suficientes)
Boqueirão de Angicos 4,58%) – Volume morto
Sabugi (8,60%) - Suporta 10 meses
Itans (5,67%) – Volume morto
Passagem de Traíras (0,53%) – Volume morto
Cruzeta (2,18%) – Volume morto
Zangarelhas (0,78%) – Volume morto
Caldeirão de Parelhas (0,71%) – Volume morto
Boqueirão de Parelhas (10,18%) – Suporta 14 meses
Marechal Dutra (0,04%) – Volume morto
Dourado (sem informações suficientes)
Carnaúba (5,10%) – Volume morto
Esguicho (1,65%) – Volume morto
Volume morto: 10
Sem informações: 2
Suporta alguns meses: 3
Bacia Ceará-Mirim
Poço Branco (21,98%) - Suporta 18 meses
Bacia Potengi
Campo Grande (12,38%) - Suporta 7 meses
Tabatinga (13,13%) - Suporta 18 meses
Bacia Trairi
Santa Cruz do Trairi (0,55%) - Volume morto
Inharé (9,42%) - Volume morto
Trairi (6,09%) - Volume morto
Bacia Jacú
Japi II (6,25%) - Suporta 7 meses

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.