quarta-feira, 28 de outubro de 2015

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

 PORTAL  G1     O  CIDADAO

sirene
Uma advogada foi presa na manhã desta quarta-feira (28) suspeita de comandar um esquema de fraude no programa federal de habitação popular ‘Minha Casa, Minha Vida’. Além dela, outras três pessoas foram levadas para a sede da Polícia Federal em João Pessoa para depor, sendo um mestre de obras, um corretor de imóveis e um ex-funcionário de correspondente bancário, todos suspeitos de participação no esquema. A Polícia Federal encontrou fraudes em 17 financiamentos, somando um desvio de R$ 1,7 milhão.
A prisão aconteceu durante uma operação conjunta entre a PF e Ministério Público Federal, que também apreendeu uma BMW no valor estimado de R$ 200 mil, carimbos de prefeitura e muita documentação. Todo o material vai ajudar a dar continuidade à investigação, que começou há dez meses a partir de uma denúncia feita pela Caixa Econômica Federal (CEF), responsável pela gestão do programa.
Do Portal G1

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.