quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

PROS expulsa Rafael Motta por críticas ao uso do fundo partidário 

 

 

BLOG   O  CIDADAO 

 
O deputado federal Rafael Motta acaba de enviar nota oficial anunciando seu desligamento do Partido Republicano da Ordem Social (PROS). A notícia foi dada pela Executiva Nacional do partido. Segundo ele, a expulsão foi motivada por suas críticas ao mau uso do funda partidário pela legenda. "Estou certo de que as minhas críticas ao mau uso do fundo partidário por parte da Executiva Nacional, quando da compra de bens luxuosos, como um helicóptero e um avião, motivaram essa decisão do comando da legenda".
Leia a íntegra da nota:
"Caros correligionários, eleitores e sociedade potiguar em geral,
Venho a público informar que não faço mais parte do quadro do Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Recebi a notícia de que a Executiva Nacional do PROS decidiu pela minha expulsão do partido.
Estou certo de que as minhas críticas ao mau uso do fundo partidário por parte da Executiva Nacional, quando da compra de bens luxuosos, como um helicóptero e um avião, motivaram essa decisão do comando da legenda. O mesmo motivo que fez com que outros dois colegas deputados enfrentassem o mesmo processo, Domingos Neto (CE) e Valtenir Pereira (MT).
Posso afirmar com toda convicção de que não me arrependo e mantenho o meu posicionamento, pois o fundo partidário é constituído por dinheiro público e deve ser utilizado com ética, honestidade e responsabilidade. Acredito que agi em consonância com o pensamento da sociedade.
Concluo esse capítulo de cabeça erguida, pois fui fiel aos meus eleitores quando não concordei com esses atos, e estou pronto para os novos desafios. Agradeço a todos que atenderam ao meu convite quando fundamos o PROS no Rio Grande do Norte e estiveram ao meu lado nessa jornada. De pronto, já os convido para também caminharmos juntos no momento que está por vir. Agradeço ainda aos que, mesmo não filiados, apoiaram o meu posicionamento e afirmo que esse apoio é um grande incentivo para que eu siga sempre em frente e com coerência."
 
Fonte: Novo Jornal

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.