quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Bispos percorrerão obras de transposição do São Francisco

 

 

BLOG   O   CIDADAO

Após reuniões em Brasília e Natal, foi definida a caravana socioambiental dos bispos do Regional Nordeste 2 (CNBB) ao Programa de Integração do São Francisco – Eixo Norte, que trás água para o Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará, a ser realizada no período de 29 de fevereiro a 03 de março de 2016. O roteiro da caravana começo pela barragem Armando Ribeiro Gonçalves e Barragem de Oiticica em construção, no RN; Barragem Engenheiro Avidos/Boqueirão (São José das Piranhas/PB); Vila Produtiva Rural Cacaré em Barros\CE; Reservatório Jati e Vila Produtiva Rural Retiro\CE; Estação de Bombeamento em Cabrobó e Salgueiro\PE; Tomada de água as margens do Rio São Francisco\PE; missa de encerramento e diálogo com representação da sociedade e órgãos públicos, em Salgueiro/PE.
Esta caravana foi planejada e organizada pelos os bispos da CNBB NE II, em particular os bispos do RN e PB e alguns do PE, CBH PPA e os ministérios (MMA, MDA, MDS, MIN, e Casa civil ). O evento tem como perspectiva refletir e pensar ações estratégicas para o uso e gestão compartilhada da água e de toda agrobiodiversidade em comunhão com os povos e comunidades tradicionais levando em consideração a diversidade étnica e cultural, associada à diversidade ambiental e ecológica presente ao longo dos canais e obras da integração do Velho Chico com o Nordeste Setentrional.

Saneamento é necessário na PB para receber águas do São Francisco

O esgotamento sanitário é essencial para os 170 municípios paraibanos que vão receber as águas do Rio São Francisco quando a obra da transposição for concluída. Vão ser beneficiados com a obra cidades da região de Monteiro, no chamado Eixo Leste, e de Cajazeiras, no Eixo Norte. Porém, muitos desses municípios ainda não colocaram o esgoto longe das ruas, rios e açudes.
Durante esta semana, o JPB 2ª Edição exibe uma série de reportagens especiais sobre saneamento básico nos municípios da Paraíba. Nesta terça-feira (16), o destaque foi  para o problema do esgotamento sanitário nas cidades que vão ser beneficiadas pela transposição das águas do Rio São Francisco.
R. Pires 
rio sao francisco

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.