segunda-feira, 28 de março de 2016

Lula afirma que estava bêbado em gravações telefônicas, para justificar palavrões e ofensas ao STF 

 

BLOG   O  CIDADAO


Lula afirma que estava bêbado em algumas gravações, para justificar palavrões e ofensas ao STF

Pessoas próximas ao ex-presidente confirmam que Lula alegou que havia bebido "algumas doses" no momento em que foi filmado pela deputada Jandira Feghali (PC do B-RJ. A gravação foi feita horas após a Operação Aletheia, na sexta-feira, 5, onde o aparece em uma conversa na qual afirma: “Eles que enfiem no c... todo o processo”. Segundo interlocutores, Lula havia bebido algumas doses apenas para relaxar.

A gravação foi divulgada pela própria Jandira, na qual ela afirma que Lula estava "tranquilo" declara solidariedade ao petista, que havia prestado depoimento em mandado de condução coercitiva expedido pelo juiz Sérgio Moro.

Jandira gravou o vídeo no diretório nacional PT em São Paulo, pouco antes do discurso do ex-presidente sobre a 24ª fase da Lava Jato, que tem ele como alvo. A ideia era confortar a militância que estava apreensiva, pois horas antes, Lula havia sido conduzido coercitivamente para prestar depoimento sobre o esquema de corrupção da Petrobrás.
Segundo interlocutores, Lula tentou justificar o uso excessivo de palavrões em suas conversas e confidenciou que também estava meio alto em outras gravações onde aparece "meio" alterado, mas não souberam precisar quais seriam as gravações. Lula estaria embriagado em uma das conversas que teve com a presidente Dilma.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.