quinta-feira, 19 de maio de 2016

Recursos da Saúde para Farmácia Popular e Samu vão só até agosto

 

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO 

dinheiro_mao

O novo ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou  que a solução do financiamento do SUS está condicionada a uma reforma na Previdência Social e que os recursos para programas essenciais como Unidades de Pronto Atendimento(UPAs), Farmácia Popular e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), são suficientes somente até agosto.

R Pires

Coca cola verde: Longe de ser saudável 

 

POSTADO POR BLOG  O  CIDADAO 



Na última semana de abril, chegou ao mercado a “Coca Cola Verde”. A empresa afirma que o refrigerante tem 50% menos açúcar que o tradicional, mas segundo o Instituto de Defesa do Consumidor, a bebida está longe de ser saudável.  De acordo com o IDEC, o refrigerante mistura açúcar com adoçante. O edulcorante é do tipo o estevia que, apesar de ser natural, não necessariamente faz bem à saúde.


“Apesar de se venderem como ‘saudáveis’, elas continuam sendo bebidas açucaradas que contribuem para o aumento de doenças”, enfatiza a pesquisadora Ana Paula Bortoletto. E mais… Uma pesquisa da Universidade Estadual do Rio de Janeiro mostrou que o estevia causou danos ao DNA e ao cérebro de ratos. Quando a substância penetra em uma célula, como em bactérias presentes no intestino, ocorre a sua metabolização e a produção de uma outra substância, o esteviol, que é tóxico.

MPRN recomenda medidas de combate à poluição sonora em Pau dos Ferros/RN 

POSTADO POR BLOG  O  CIDADAO 

megafones


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pau dos Ferros, emitiu Recomendação a fim de combater a prática de poluição sonora neste município. O documento foi destinado à Prefeitura, à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, às Polícias Militar e Civil, bem como ao proprietário do bar Coco Bambu, cujo estabelecimento foi denunciado pela prática abusiva de emissão de som.

O prefeito e a secretária do Meio Ambiente foram orientados a adquirir e manter em pleno funcionamento o aparelho decibelímetro, necessário à aferição dos níveis de emissão de sons e ruídos, para constatar a prática de eventual poluição sonora.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.