sexta-feira, 28 de abril de 2017

Câmara aprova reforma trabalhista e altera quase cem pontos da CLT. Veja as principais mudanças

Leia a lista de alterações promovidas pelo projeto aprovado em plenário, que leva a uma verdadeira revolução nas relações de trabalho no Brasil. Para virar lei, texto precisa passar pelo Senado e ser sancionado por Temer

“Operários”, tela de 1933 da pintora Tarsila do Amaral

Com o placar de 296 votos favoráveis a 177 contrários, o plenário da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (26), o substitutivo de Rogério Marinho (PSDB-RN) ao Projeto de Lei 6787/16 que trata da reforma trabalhista e altera cerca de cem pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O texto promove alterações na legislação trabalhista, principalmente na relação entre empregado e empregador (veja abaixo a lista com as principais mudanças). A sessão para votar a matéria foi iniciada ainda na parte da manhã. Em meio a protestos e manifestações contrárias à proposta, a ordem do dia só foi concluída na noite de hoje (quarta, 26).
Reforma trabalhista: veja como os deputados votaram
Um dos pontos mais polêmicos é o chamado “negociado sobre o legislado”, que prioriza acordos individuais em detrimento da lei e de acordos e convenções coletivas. Poderão ser objeto de acordo individual: parcelamento de férias, banco de horas, jornada de trabalho, jornada em escala (12×36). Alguns pontos, porém, não poderão ser negociados, como FGTS, 13º salário e seguro-desemprego. Para opositores da matéria, esse ponto do texto subjuga o trabalhador e o submete à autoridade do empregador. Já os defensores do dispositivo dizem o contrário, que a matéria dará mais força às representações de empregados nas empresas e instituições.
O governo temia mais uma derrota em plenário, mas conseguiu mobiliza a base e conseguir bom número de governistas na votação (o quórum foi de 474 votantes, a grande maioria aliada a Temer). Foi um longo dia de tensão e protestos de parlamentares na Câmara, como a véspera das votações já havia prenunciado com o confronto entre policiais e índios, em frente ao Congresso – não por acaso, as cercanias do prédio do Parlamento amanheceram cercadas e isoladas pela Polícia Militar e demais forças de segurança. Na sessão plenária desta quarta-feira (26), houve de tudo: desde empurrão violento na Mesa Diretora até ameaça de retirada de parlamentar que usou farda de soldador (leia mais abaixo), em alusão à derrubada de direitos que, segundo o deputado Assis Melo (PCdoB-RS), está em curso com as reformas do presidente Michel Temer.

Antonio Cruz/Agência Brasil
Protestos transcorreram durante toda a sessão desta quarta-feira (26/abr)
  Após Marinho concluir a leitura do parecer, o deputado Wadih Damous (PT-RJ) retomou a ofensiva da oposição, que entende que a proposta retira direitos dos trabalhadores e torna desequilibrada a relação entre patrões e empregados. “Esse substitutivo vai levar o trabalhador de volta ao século 19”, disse Damous, ao criticar genericamente o texto. Para ele, o ponto que melhor ilustra os prejuízos à classe trabalhadora, no entanto, é o que regulamenta o trabalho intermitente.
“O trabalho intermitente é a indignidade trazida para o mundo do trabalho, é a legalização do ‘bico’, é pior que o desemprego, e gera quase uma relação de escravidão, pois faz com que o trabalhador fique à disposição até que o empregador decida que precise dele”, acrescentou.
Em seguida, como defensor do PL, falou Darcísio Perondi (PMDB-RS), que defendeu a necessidade da reforma trabalhista. O deputado ressaltou que esta não é a única medida necessária para enfrentar o desemprego no país, mas disse considerar a proposta importante para minimizar a crise do setor trabalhista. Em relação ao trabalho intermitente, Perondi disse que essa modalidade vai permitir que muitas pessoas que hoje trabalham totalmente desprovidas de direitos tenham sua atividade regulamentada.
“O trabalho intermitente beneficia o garçom, o jovem que estuda em uma grande cidade e que precisa trabalhar apenas em alguns dias da semana. Essas pessoas vão poder fazer isso de maneira regulamentada agora”, sustentou.
Obstrução
Em obstrução durante toda a tarde, membros da oposição ao governo Temer levaram faixas com os dizeres “Não toquem nos nossos direitos”  que permaneceu esticada próxima à Mesa do plenário –, e cartazes com referências às principais alterações propostas pelo relator. Entre elas estão a terceirização das atividades fim de qualquer setor; a regulamentação do teletrabalho por tarefa e não por jornada, e a redução do salário para quem exerce as mesmas funções na mesma empresa com a demissão coletiva e a recontratação via terceirização.
Revoltado com os termos da reforma trabalhista na Câmara, o deputado Assis Melo (PCdoB-RS) vestiu uma farda de soldador em plenário e engrossou a onda de protestos que, nos últimos dias, a oposição tem levado ao Congresso contra as mudanças sugeridas pelo governo Michel Temer à legislação pertinente. Ao lado de correligionários com faixas, cartazes e placas com a foto de carteiras de trabalho rasgadas, Assis tentou explicar ao Congresso em Foco por que sua iniciativa incomodou tanto os deputados governistas – a ponto de o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ter lido trecho do regimento interno referente ao traje permitido no interior do plenário.

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Deputado disse ao Congresso em Foco que queria mostrar aos colegas como um trabalhador se veste
  “É porque os trabalhadores não podem entrar na Casa. Eu, como deputado e trabalhador, posso me vestir, me fardar como trabalhador e entrar aqui. Vim aqui, simbolicamente, mostrar para os deputados qual é o traje de um trabalhador em seu dia a dia”, disse Assis à reportagem, rodeado de oposicionistas em protesto no centro do plenário.
Exoneração
Com medo de não ter a quantidade de votos necessárias para aprovar a matéria, o presidente Michel Temer (PMDB) exonerou, na manhã de hoje (quarta, 26), conforme publicado no Diário Oficial da União, três ministros para reassumirem as vagas de deputado federal e participarem da votação. Os ministros Bruno Cavalcanti de Araújo (PSDB-PE), das Cidades; José Mendonça Filho (DEM-PE), da Educação; e Fernando Bezerra Filho (PSB-PE), de Minas e Energia, estarão entre os deputados que  devem votar favoráveis à proposta de Temer nesta quarta-feira (26).  Os três devem retornar aos cargos após a votação.

Veja as principais mudanças operadas com a reforma:
Prevalência do negociado sobre o legislado
Fortalece acordos individuais em detrimento da lei e de acordos e convenções coletivas. Poderão ser objeto de acordo individual: parcelamento de férias, banco de horas, jornada de trabalho, jornada em escala (12×36). Alguns pontos, porém, não poderão ser negociados, como FGTS, 13º salário e seguro-desemprego.
Jornada de trabalho
Flexibiliza a jornada para permitir que o empregado trabalhe 12 horas ininterruptas, sem intervalos, por 36 horas de descanso (jornada de 12 x 36), mediante mero acordo individual escrito, convenção coletiva ou acordo coletivo, e sem intervalos.
Férias
Permite o parcelamento das férias, conforme acordo, em até três vezes, desde que um dos períodos tenha pelo menos 14 dias.
Hora de percurso
Extingue o pagamento da chamada “hora de percurso” (horas in itinere) – o tempo gasto pelo empregado para chegar ao emprego, no caso de local de difícil acesso, ou não servido por transporte público, em condução fornecida pelo empregador – não será mais computado na jornada de trabalho.
Danos morais e patrimoniais
Restringe as hipóteses e estabelece limites para as indenizações por danos morais e patrimoniais.
Imposto sindical
Torna facultativas as contribuições de custeio ou financiamento sindical, exigindo prévia autorização individual para a sua cobrança e desconto.
Justiça trabalhista
Afasta dos tribunais regionais do Trabalho e do Tribunal Superior do Trabalho (TST) a possibilidade de anular acordos e convenções coletivas contrárias à lei. Nega ao trabalhador a gratuidade processual plena quando faltar à primeira audiência e quando as perícias tiverem resultado negativo, retirando dos juízes a possibilidade de exame caso a caso. Prevê punições para as pessoas que agem com má-fé em processos judiciais na área trabalhista, seja ela o reclamante, o reclamado ou interveniente.

Rescisão por acordo
Permite a extinção do contrato de trabalho “por acordo”, reduzindo o valor do aviso prévio indenizado e a multa de 40% sobre o saldo do FGTS pela metade. Nesse caso, o trabalhador poderá sacar 80% do saldo do FGTS. Mas não terá direito ao seguro-desemprego. A rescisão passará a ser feita na própria empresa, na presença dos advogados do patrão e do trabalhador, e não mais em sindicatos como prevê a legislação hoje.

Trabalho intermitente
Cria a figura do contrato de trabalho não contínuo. O trabalhador poderá atuar apenas alguns dias da semana, ou algumas horas por dia, conforme negociação com o empregador. No período de inatividade, o trabalhador poderá prestar serviços a outros contratantes. O valor da hora de trabalho não poderá ser inferior ao valor horário do salário mínimo nem ao dos demais empregados da empresa.
Teletrabalho (home office)
É caracterizado como prestação de serviços preponderantemente fora das dependências do empregador (não necessariamente em casa), por meio da utilização das tecnologias da informação e comunicação. O contrato individual de trabalho precisa especificar quais são as atividades realizadas pelo funcionário.

Terceirização
Cria quarentena, de pelo menos 18 meses, pela qual o empregador não poderá demitir o trabalhador efetivo e recontratá-lo como terceirizado.
Mulheres
Grávidas ou lactantes (mulheres que estão amamentando) poderão trabalhar em ambientes considerados insalubres, por meio da apresentação de atestado médico, garantindo que não há risco à mãe nem ao bebê.
Sucessão empresarial
Quando uma empresa comprar a outra terá de arcar com as obrigações trabalhistas.
Duas visões sobre a reforma trabalhista:
Antônio Augusto de Queiroz, do Diap: De A a Z, a destruição dos direitos trabalhistas
Rogério Marinho (PSDB-RN), relator da reforma: Verdades e mentiras sobre a modernização da legislação trabalhista

quinta-feira, 27 de abril de 2017















PREFEITO DE MARCELINO VIEIRA KERLES JÁCOME SARMENTO, (BABAU), ANIVERSARIANDO HOJE RECEBENDO OS CUMPRIMENTOS DE TODOS SEUS ADMIRADORES E SEGUIDORES VIEIRENSES !!!







O PREFEITO KERLES JÁCOME SARMENTO (BABAU), HOJE  COMEMOROU SEU ANIVERSÁRIO DE FORMA MUITO SIMPLES.  SERENO E ALEGRE ATENDEU MUITAS PESSOAS NA PREFEITURA NESTA MANHÃ  DE QUINTA FEIRA,  BABAU, VEM  REALIZADO MUITAS AÇÕES NO MUNICÍPIO DE MARCELINO VIEIRA. UMA DE SUAS MARCAS É O ESTILO CALMO, RECEBE BEM, TRATA BEM  AS PESSOAS DE FORMA VERDADEIRA AMIGA E CINCERA, MESMO DIANTE DAS DIFICULDADES QUE O BRASIL VIVENCIA NA ATUAL CONJUNTURA ECONÔMICA E POLÍTICA MARCELIN VIEIRA, TEM CONSEGUIDO AVANÇAR E VAI AVANÇAR MUITO MAIS. O POVO DE VIEIRENSE  PRECISA APOIAR CADA VEZ MAIS ESSE GOVERNANTE  SIMPLES HUMILDE TRABALHADOR  HONESTO, DECISÕES TRANSPARENTES, QUE TEM EM SUA ESSÊNCIA  A SIMPLICIDADE E UM BOM CORAÇÃO DE HOMEM PÚBLICO.
BABAU, QUEREMOS NÓS AMIGO,  TE DESEJAR NESTE DIA, MUITAS FELICIDADES MUITA SAÚDE PARA CONDUZIR  O SEU SONHO DE REALIZAÇÕES ADMINISTRATIVAS, NA TERRA QUE MUITO LHE AMA... PARABÉNS AMIGO , FELICIDADES E SUCESSO !!!

SÃO OS VOTOS DE POROROCA E FAMÍLIA !

quarta-feira, 26 de abril de 2017



APAGANDO VELHINHA HOJE 13 ANOS, A JOVEM CRIANÇA ANA  CRISTINA, FILHA DE JOSELIO E MARIA DO SOCORRO  ! RECEBENDO OS CUMPRIMENTOS DE AMIGOS E FAMILIARES EM SUA RESIDÊNCIA MARCELINO VIEIRA.


ANA CRISTINA,FELIZ ANIVERSÁRIO, MINHA AMIGA! TENHA UM DIA ESPECIAL, UM DIA QUE ESTEJA À ALTURA DA SUA EXTRAORDINÁRIA PERSONALIDADE. QUEM CONHECE VOCÊ, NEM QUE SEJA POR UNS BREVES INSTANTES, JAMAIS A ESQUECE, POIS SUA MANEIRA DE SER CONTAGIA E MARCA PROFUNDAMENTE TODOS OS QUE TÊM O PRIVILÉGIO DE CONTATAR COM VOCÊ, QUE É ÚNICA E TEM O ESPÍRITO MAIS REBELDE E IRREVERENTE.

TINA, VOCÊ É MUITO ESPECIAL, E EU ADMIRO E AMOAMOS MUITO VOCÊ. CONTINUE SENDO SEMPRE TÃO INCRÍVEL E MARAVILHOSA, POIS SÃO PESSOAS COMO VOCÊ QUE DÃO COR AO MUNDO. SEJA FELIZ!

PARABÉNS QUERIDA DE SEUS AMIGOS  POROROCA E MARLY

quarta-feira, 26 de abril de 2017

GRANDE PROMOÇÃO DE CAMARÃO FRESCO PARA ESTA QUINTA FEIRA DIA 27!

Grande promoção de camarão de água doce para esta Quinta feira dia 27/04 em Apodi. 
Apenas 30 reais o quilo do camarão pescado no dia, pesando em média 12 gramas, direto da fazenda Muriá, na região do vale, de propriedade do Capitão Carvalho. 
Faça já sua encomenda ligando para o telefone 84 99610-4031. 
Fazemos entrega também nas cidades de Mossoró, Pau dos Ferros e Caraúbas.
 
QUALQUER ENCOMENDA LIGAR PARA  9 96148181  0U  9   99747710; FAÇA SUA ENCOMENDA ACIMA DE 5 KG  CHEGA NO DIA E HORÁRIO PREVISTO , TODO CAMARÃO BEM FRESQUINHO TIRADO DA ÁGUA PELA MANHÃ CEDINHO....












sexta-feira, 21 de abril de 2017

Marcelino Vieira: Babau sanciona 5 novas leis essa semana


O Prefeito de Marcelino Vieira sancionou essa semana 5 novas leis que vão desde a criação de novos cargos efetivos a regulamentação do regime de contratação temporária pela prefeitura.


LEI N° 291/2017

Dispõe sobre a regulamentação da concessão de benefícios eventuais em virtude de nascimento, morte, situações de vulnerabilidade temporária e de calamidade pública, no âmbito da política municipal de assistência social e revoga a Lei municipal no 259 de 18 de agosto de 2001.

LEI N° 292/2017

Define o Sistema Municipal de Vigilância Sanitária, cria a Coordenadoria Municipal de Vigilância Sanitária e cargos correlatos, revogando a Lei Municipal nº 250/2014.

LEI Nº 293/2017
Dispõe sobre a criação da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito e dá outras providências.


LEI Nº 294/2017

Disciplina o regime jurídico da contratação temporária de servidores para atender a situações de excepcional interesse público, na forma da Constituição Federal, Art. 37, inc. IX e da Lei Orgânica do Município.

LEI Nº 295/2017
Atualiza a lei de criação do Conselho Municipal de Assistência Social - CMAS

Todos os atos do município podem ser vistos na integra através dos Diário Oficial do Município:
http://www.marcelinovieira.rn.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=section&layout=blog&id=2&Itemid=19

Polícia civil de Marcelino Vieira implementa Grupo reflexivo com homens envolvidos em violência doméstica e familiar contra a mulher.

 

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO 

A Polícia Civil de Marcelino Vieira, em parceria com o Núcleo de Apoio a Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (NAMVID) e com o município de Marcelina Vieira por meio da sua Secretaria de Ação Social, iniciou na tarde de ontem (19) e prosseguiu na manhã de hoje (20), uma capacitação visando a implantação de um grupo reflexivo de homens, os quais estão em processo judicial e envolvidos em contextos de violência doméstica e familiar contra a mulher.

O objetivo do grupo é despertar uma reflexão acerca de atitudes violentas e machistas, além de fazer com que os integrantes internalizem uma conduta de comportamento assertivo. O projeto, que funciona há mais de três anos, apresenta reincidência zero da agressividade contra mulheres desses participantes.

Na tarde de ontem, a psicóloga Jaqueline Leite e a assistente social Ildérica Castro fizeram uma abordagem sobre o funcionamento do NAMVID, além de discutirem acerca de gênero. A capacitação prosseguiu na manhã desta quinta-feira (20), quando foi detalhado o passo a passo da implantação do grupo reflexivo.

Participaram da capacitação os municípios de Tenente Ananias, Pau dos Ferros, Luis Gomes, Alexandria, João Dias, e Pilões/RN.

De acordo com o delegado de Marcelino Vieira, Paulo Cesário, existe um alto índice de casos de violência doméstica na região, por tal motivo a necessidade de combater o problema por meio de práticas, e não apenas com a judicialização do problema. “O que me chamou a atenção acerca desse trabalho desenvolvido pela equipe do NAMVID, que tem a frente a promotora Érica Canuto, é que nos locais onde o grupo reflexivo foi implantado, os participantes não retornaram à prática da violência”, concluiu o delegado Paulo Cesário.

PREMIAÇÃO - Em setembro de 2016, o Grupo Reflexivo de Homens conquistou a primeira colocação na categoria Redução da Criminalidade, no Prêmio Nacional de Gestão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), ocorrido em Brasília.

 

Em alusão a cerveja, Leo Pinheiro diz que Lula era ‘o número 1’

 

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO

Reprodução (Foto: Câmara dos Deputados)O Globo
Durante o depoimento desta quinta-feira, Leo Pinheiro explicou ao juiz Sérgio Moro porque chamava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de “Brahma” nas trocas de mensagem de texto com seus subordinados. De acordo com o ex-presidente da OAS, o apelido é uma alusão ao slogan utilizado pela marca de cerveja desde os anos 1990 em suas propagandas.
— Essa expressão (“Brahma”) se referia ao ex-presidente Lula por causa de uma propaganda que dizia que a Brahma era a número 1 — disse Leo Pinheiro.
Na sequência, Moro pergunta porque ele não se referia ao petista pelo seu nome. Leo Pinheiro responde que usar apelidos era uma prática para “não expor as figuras públicas”.

Destruir provas dá cadeia. Moro prenderá Lula?

POSTADO POR BLOG O CIDADAO


POR JOSIAS DE SOUZA
Em depoimento devastador, Léo Pinheiro confirmou velhas suspeitas e atravessou no caminho de Lula uma acusação nova. O ex-presidente da OAS disse a Sergio Moro que Lula lhe pediu para destruir provas das propinas que pagou ao PT por intermédio do então tesoureiro João Vaccari. Pela lei, isso dá cadeia. Que o diga Marcelo Odebrecht. A pergunta do momento é: o juiz da Lava Jato terá disposição para colocar Lula preventivamente atrás das grades antes de uma condenação confirmada na segunda instância do Judiciário?
De toda a turma do canteiro de obras, lugar de movimentos pesados e muita lama, Léo Pinheiro era o que tinha mais intimidade com Lula. Gostavam de jogar conversa fora juntos. Num dos encontros, contou o empreiteiro a Moro, Lula “textualmente me fez a seguinte pergunta: ‘Léo, o senhor fez algum pagamento a João Vaccari no exterior?’. Eu disse: ‘Não, presidente, nunca fiz pagamento a essas contas que nós temos com Vaccari no exterior’.”
Segundo Léo, Lula engatou outra pergunta: “Como você está procedendo os pagamentos para o PT?”. E ele: “Através do João Vaccari. Estou fazendo os pagamentos através de orientações do Vaccari, de caixa dois, de doações diversas que nós fizemos a diretórios e tal.” Sobreveio, então, a ordem do morubixaba do PT: “Você tem algum registro de algum encontro de contas feitas com João Vaccari…? Se tiver, destrua”.
Prevista no terceiro capítulo do Código de Processo Penal, a prisão preventiva pode ser decretada em qualquer fase do processo —durante o inquérito policial ou no curso da ação penal. Diz o artigo 312: “A prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria.”
No caso específico, a prisão de Lula se justificaria, em tese, “por conveniência da instrução criminal” e “para assegurar a aplicação da lei”. Um réu que encomenda a destruição de provas não está senão criando obstáculos para impedir que a lei se cumpra. Se quisesse, Moro poderia invocar o artigo 312 do Código de Processo Penal contra Lula, aprisionando-o por tempo indeterminado.
Entretanto, se estiver com os miolos no lugar, Moro perceberá que há um limite depois do qual o rigor deixa de ser uma virtude na rotina de um magistrado. No momento, é desnecessária e arriscada a detenção de Lula. É desnecessária porque, se há um esforço para atrapalhar a produção de provas, não está funcionando. É arriscada porque a ordem pode ser revogada por um tribunal superior mediante recurso. Melhor reunir as evidências e produzir uma sentença sólida.

Blog do BG:

STF manda apurar demora em ação contra Temer na Câmara

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quinta-feira, 20, que o Ministério Público Federal (MPF) apure a demora na instalação da Comissão do Impeachment do presidente Michel Temer na Câmara. O colegiado foi criado há mais de um ano, mas não tem o número suficiente de membros para funcionar. Os deputados que ainda não fizeram as indicações poderão ser investigados por crime de desobediência e prevaricação.
No mandado de segurança do advogado mineiro Mariel Marley Marra ao Supremo, acatado por Marco Aurélio, ele pede que o MPF noticie os parlamentares. Os líderes partidários que fazem parte da lista são: Baleia Rossi (PMDB), Arthur Lira (PP), Eros Biondini (PROS), Efraim Filho (DEM), Cleber Verde (PRB), Aureo (Solidariedade), Professor Victório Galli (PSC), Marcos Montes (PSD), Aelton Freitas (PR), Ricardo Tripoli (PSDB), Tereza Cristina (PSB), Arnaldo Jordy (PPS) e Evandro Gussi (PV).
A Comissão foi criada em 5 de maio do ano passado por ordem de Marco Aurélio. Apenas nove partidos indicaram 16 membros do órgão. A comissão deve ter 66 integrantes e, para funcionar, precisa de metade mais um.
Marco Aurélio determina que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), seja notificado de sua decisão e receba uma cópia do documento. Se o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, identificar a prática de crime pode pedir abertura de inquérito no STF. As penas para desobediência ou prevaricação podem resultar na perda de mandato. Procurada, a assessoria da Câmara informou que a presidência da Casa ainda não havia sido notificada

Blog do BG:

quinta-feira, 20 de abril de 2017



 ONTEM FESTEJAMOS O ANIVERSARIO DO NOSSO PRIMOGÊNITO NETO CHUDSON HONORATO BEZERRA, RECEBEU OS CUMPRIMENTOS DE SEUS PAIS , AVÓS, TIOS, TIAS,  PRIMOS E AMIGOS  !!

 

 

CHUDINHO, VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR O QUANTO NOSSA LIGAÇÃO É FORTE? PUXA! SABER QUE ACOMPANHAMOS  VOCÊ DESDE O NASCIMENTO SEMPRE VOLTADO PARA AS COISAS BOAS. VOCÊ FOI ESPERADO COM MUITO AMOR PELOS SEUS PAIS, POR NÓS AVÓS E POR TODA A FAMÍLIA, MEU NETO.

EU QUERO DIZER QUE O AMAMOS , QUE VOCÊ É UM PEDACINHO DE NÓS, É SANGUE QUE CORRE NO MAIS ÍNTIMO DO MEU SER. NOS ORGULHAMOS   MUITO DE TÊ-LO COMO NOSSO  NETO E PARTE DA NOSSA FAMÍLIA.

EU QUERO QUE VOCÊ SEJA MUITO FELIZ NESSE DIA E EM TODOS OS DIAS DA SUA VIDA. VOCÊ É UM NETO EXTRAORDINÁRIO E MERECE TUDO DE BOM NESTE MUNDO.

QUE DEUS NOS FAÇA BONS AMIGOS E TRANSFORME VOCÊ EM UM GRANDE HOMEM. AMAMOS  .... VOCÊ! FELICIDADES, NOSSO AMADO NETO...

 

PARABÉNS DE SEUS AVÓS  POROROCA E MARLY !