sexta-feira, 21 de abril de 2017

Polícia civil de Marcelino Vieira implementa Grupo reflexivo com homens envolvidos em violência doméstica e familiar contra a mulher.

 

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO 

A Polícia Civil de Marcelino Vieira, em parceria com o Núcleo de Apoio a Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (NAMVID) e com o município de Marcelina Vieira por meio da sua Secretaria de Ação Social, iniciou na tarde de ontem (19) e prosseguiu na manhã de hoje (20), uma capacitação visando a implantação de um grupo reflexivo de homens, os quais estão em processo judicial e envolvidos em contextos de violência doméstica e familiar contra a mulher.

O objetivo do grupo é despertar uma reflexão acerca de atitudes violentas e machistas, além de fazer com que os integrantes internalizem uma conduta de comportamento assertivo. O projeto, que funciona há mais de três anos, apresenta reincidência zero da agressividade contra mulheres desses participantes.

Na tarde de ontem, a psicóloga Jaqueline Leite e a assistente social Ildérica Castro fizeram uma abordagem sobre o funcionamento do NAMVID, além de discutirem acerca de gênero. A capacitação prosseguiu na manhã desta quinta-feira (20), quando foi detalhado o passo a passo da implantação do grupo reflexivo.

Participaram da capacitação os municípios de Tenente Ananias, Pau dos Ferros, Luis Gomes, Alexandria, João Dias, e Pilões/RN.

De acordo com o delegado de Marcelino Vieira, Paulo Cesário, existe um alto índice de casos de violência doméstica na região, por tal motivo a necessidade de combater o problema por meio de práticas, e não apenas com a judicialização do problema. “O que me chamou a atenção acerca desse trabalho desenvolvido pela equipe do NAMVID, que tem a frente a promotora Érica Canuto, é que nos locais onde o grupo reflexivo foi implantado, os participantes não retornaram à prática da violência”, concluiu o delegado Paulo Cesário.

PREMIAÇÃO - Em setembro de 2016, o Grupo Reflexivo de Homens conquistou a primeira colocação na categoria Redução da Criminalidade, no Prêmio Nacional de Gestão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), ocorrido em Brasília.

 

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.