quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Detran anuncia projeto que oferece 38.920 mil carteira de habilitação gratuita

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO, VEJA A MATÉRIA COMPLETA ....


Você sabia que existe um benefício do governo que possibilita que você tire sua Carteira Nacional de Habilitação totalmente grátis? É isso mesmo! Várias pessoas já se beneficiaram e você não pode ficar de fora dessa. O benefício se chama CNH Social e você não paga absolutamente nada, nenhum centavo para ter sua CNH. Aqui nesta matéria você obterá todas as informações necessária para saber como conseguir a sua CNH Social. Fique atento!
O Programa Social do Governo Federal, por intermédio do Detran. O Programa tem por finalidade contribuir com o desenvolvimento social, e uma inclusão no mercado de trabalho.
A população terá a chance de se cadastrar na primeira etapa do programa que terá início em Janeiro de 2018.


CNH Social: Conhecendo mais o programa:

CNH POPULAR como também é chamada foi criada com o objetivo de possibilitar que todas as pessoas de baixa renda tivessem acesso e pudessem tirar sua Carteira de Habilitação ou quisessem incluir alguma categoria nova. O benefício já existe desde 2011 e muitas pessoas não tem conhecimento da sua existência. Mais informações sobre CNH Social na nossa matéria.
Esse benefício está entre os melhores do governo. Até agora, já beneficiou milhares de pessoas que não tem condições para tirar uma Carteira Nacional de Habilitação. Em parceria com o Projeto Incluir, a CNH Social está cumprindo seu papel e ajudando muita gente.
As vagas são distribuídas de acordo com cada categoria de habilitação, saiba quais:
31/jan/2018

Deputados aprovam projeto que cria a previdência complementar estadual

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO


Por Robson Pires, em


Os deputados estaduais do Rio Grande do Norte aprovaram nesta quarta-feira, 31, por 19 a 3, a proposta que cria a previdência complementar para os servidores públicos estaduais. Além deste medida, outros três projetos enviados pelo governo Estado, do atual pacote de ajustes fiscais, também foram aprovados.
Com a aprovação, os futuros servidores públicos terão as aposentadorias limitadas ao teto do regime geral, que hoje é de R$ 5.531,31. Para conseguir um valor maior, o servidor terão de pagar pelo extra.
Também foi aprovado o regime próprio de previdência do RN. Com a mudança, o Instituto de Previdência do RN pode atualizar benefícios segundo os índices do INSS.
Por 13 votos contra 10, os deputados também derrubaram a paridade no pagamento em relação aos proventos dos inativos. Com a medida, as novas aposentadoria terão valores equivalentes aos salários da ativa.
Mais cedo, no início da sessão plenária, a Mesa diretora retirou da pauta o projeto que extingue o adicional por tempo de serviço dos funcionários públicos estaduais. O pedido foi feito pelo deputado estadual Albert Dickson (PP). Ele alegou que o projeto precisa de ajustes.

Peritos do Ministério da Justiça cobram investigação sobre paradeiro de presos desaparecidos em Alcaçuz

 

POSTADO POR BLOG   O CIDADAO 

Após as reformas realizadas em Alcaçuz, os presos voltaram a ficar atrás das grades (Foto: Anderson Barbosa/G1)

Peritos do Ministério da Justiça criticaram o Estado do Rio Grande do Norte por ainda não ter identificado o paradeiro de presos desaparecidos durante o massacre de Alcaçuz, que completou um ano em janeiro. Quatro membros do Comitê e do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura – órgãos ligados ao governo federal - estão em missão no estado para verificar as condições de funcionamento da penitenciária. Pelo menos 16 apenados seguem desaparecidos.

“Ainda existem pessoas desaparecidas, dentro de um contexto de massacre, e não se investigou. Os presos não estão lá, mas não há uma ação sobre isso. O Estado precisa ser responsabilizado, por sua ação ou omissão, mas sequer investigou o paradeiro dessas pessoas”, afirmou o perito Luiz Gustavo Magnata, integrante do mecanismo nacional.

O conselheiro Acássio Souza, que também faz parte da comissão, reforçou que não há uma resposta oficial sobre os desaparecimentos. “O Estado nunca nos informou se esses presos foram recapturados, se foram a óbito, dentro ou fora do massacre”, disse.

Ele ainda destaca que é preciso haver uma confirmação oficial, documentada, sobre o que ocorreu em Alcaçuz.

Os peritos passaram toda a segunda-feira (29) na Penitenciária de Alcaçuz e no Presídio Rogério Coutinho Madruga colhendo depoimentos de presos, funcionários, agentes penitenciários e da direção das unidades. Entre esta terça-feira (30) e quarta (31), se reúnem com representantes do Judiciário, Ministério Público Estadual e Federal, Defensoria Pública e Secretarias Estaduais de Justiça e Cidadania e da Segurança Pública.

O objetivo é realizar o monitoramento das medidas adotadas pelas instituições, após as recomendações emitidas em março de 2017. À época, após as vistorias, foi elaborado um relatório com apontamentos para diversos órgãos ligados ao sistema penitenciário.

Um novo relatório será elaborado pela missão conjunta dentro de 30 dias. Além do RN, a equipe do Ministério da Justiça irá revisitar os estados do Amazonas e Roraima, também palco de chacinas no ano passado.

Tortura e rigidez

Os integrantes da missão conjunta também criticaram a ausência de meios oficiais para que os presos possam denunciar situações de tortura. “Estamos longe de identificar a tortura porque não há como a denúncia sair daquele ambiente”, pontuou Gustavo Magnata. A ausência de provas contundentes, a dificuldade para se obter laudos periciais e confirmar versões testemunhais levaria a ausência de punição a essa prática.

Outra crítica feita é ao suposto excesso de rigidez implantado, informalmente, pelo novo procedimento operacional padrão em Alcaçuz. “Quando a informação não é transparente, ela é violadora, porque não pode ser fiscalizada, monitorada”, criticou o perito.

Segundo os integrantes do Mecanismo Nacional, os presos estão sendo punidos sem direito à ampla defesa e contraditório, de forma não documentada, pelas mínimas infrações. “Não se pode negar que essa é uma situação muito ruim. Aquele ambiente parece controlado, mas manter esses procedimentos por um ano só o tensionou, é uma bomba relógio”, disse Magnata.

“Nós testemunhamos o grau de embrutecimento a que essas pessoas estão sendo submetidas, o grau de tensão devido ao tratamento rígido dado. O regramento fere de uma ponta a outra a Lei de Execuções Penais”, criticou a perita do Mecanismo Nacional Deise Benedito.

TJRN

O juiz auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça, Fábio Ataíde, e o juiz de Execuções Penais da comarca de Nísia Floresta, Francisco Rocha Júnior, receberam o Comitê e do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura na manhã desta terça-feira (30).

Os magistrados do TJRN repassaram medidas tomadas pela corregedoria e no âmbito da Vara de Execuções Penais de Nísia Floresta para garantir uma melhor prestação jurisdicional aos apenados que se encontram custodiados em Alcaçuz.

*G1 RN

Detran vai leiloar 262 lotes de veículos em fevereiro

 

POSTADO POR BLOG   O CIDADAO

O Governo do Estado por meio do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) vai leiloar na quinta-feira (08), 262 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata. O leilão acontece a partir das 9h, no auditório da Escola de Governo, situado no Centro Administrativo, BR 101, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.
No período de segunda-feira a quarta-feira (05 a 07/02) o Detran estará disponibilizando o acesso aos pátios onde se encontram os veículos que vão a leilão. Os interessados em arrematar algum dos 262 lotes podem visitar das 8h às 12h os pátios de veículos aprendidos pelo Detran localizados nas cidades de Mossoró e Pau dos Ferros, e das 8h às 14h o pátio situado no antigo galpão da Viação Guanabara, na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas, em Natal. O total de 262 lotes está dividido nos pátios de Natal (211), Mossoró (38) e Pau dos Ferros (13). Há lotes com lance inicial de R$ 100,00.
Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa. A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado com antecedência mínima de 48h antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico: http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.
O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,90% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.
Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2018. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar a baixa da sucata e baixa de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.
O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, explicou que os leilões contribuem para evitar a lotação dos pátios de veículos apreendidos pelo Detran em todo Estado. “Com essa iniciativa o Governo do Estado mantém controlado o fluxo de entrada e saída de veículos nos pátios do Órgão, evitando a superlotação e problemas de saúde pública com o acúmulo de água de chuva em automóveis sucateados”, comentou.
O valor arrecadado com os arremates deve ser utilizado para custeio com a realização do leilão, despesas de remoção e pátio, para pagar impostos atrasados e multas, e se houver saldo remanescente será repassado ao proprietário. O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link:

Em menos de um ano, deputados do RN usaram combustível suficiente para dar 48 voltas à Terra

De janeiro e novembro de 2017, a Assembleia Legislativa pagou mais de R$ 900,2 mil como ressarcimento pela compra de gasolina de seus 24 parlamentares.

 

 

POSATADO POR BLOG  O CIDADAO , ACESSEM E VEJAM A MATÉRIA DETALHADAMENTE...

Por Igor Jácome, G1 RN

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (Foto: ALRN/Divulgação) Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (Foto: ALRN/Divulgação)

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (Foto: ALRN/Divulgação)
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte pagou aos deputados estaduais R$ 900.289,28 em verba de ressarcimento para combustível, entre janeiro e novembro de 2017. O valor seria suficiente para comprar 218,5 mil litros de gasolina comum ou rodar 1,9 milhão de quilômetros - o que corresponde a 48 voltas em torno da Terra ou duas viagens de ida e volta à Lua.
Cada deputado estadual gastou uma média de R$ 3.410,18, ou cerca de 813,8 litros de gasolina por mês. Considerando consumo médio de 9 quilômetros por litro, eles rodaram 7.324,2 quilômetros mensalmente, ou 244,14 quilômetros diários, de domingo a domingo.
Um dos casos que mais chama atenção é o deputado Dison Lisboa (PSD), líder do governo na Assembleia Legislativa. Desde o início de julho do ano passado, o deputado só pode dormir fora de Natal com autorização judicial, por cumprir de prisão no sistema semiaberto, com uso de tornozeleira eletrônica. O juiz de Execuções Penais, Henrique Baltazar, explicou que o deputado pode sair de Natal desde que volte para dormir na comarca onde cumpre pena.
Mesmo diante de restrições, o deputado manteve o padrão de ressarcimento mensal com combustíveis. Em julho, recebeu R$ 4.473,34. No mês posterior, foram R$ 4.574,54 e seguiu assim até novembro, quando gastou R$ 4.486,45. A soma dos gastos, ao longo do período, chegam a R$ 49.078,07.
Ele ficou em terceiro lugar entre os deputados que mais receberam verba recisória para pagamento de combustível. Seguindo a média estabelecida para o cálculo, o deputado teria rodado 316,9 quilômetros diariamente, durante os 31 dias de agosto.
Para fazer esse cálculo, o G1 levou em conta o preço de R$ 4,19 para o litro de gasolina comum. Esse foi o valor mais caro encontrado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) no estado, durante o levantamento feito para o relatório mensal de preços de novembro do ano passado.
Também considerado o consumo médio de carros utilitários esportivos grande e picapes. Os utilitários mais econômicos chegam a rodar mais de 15 km com um litro. Entre as picapes, as que consomem menos fazem 11 km por litro, de acordo com levantamento do Auto Esporte, feito em julho do ano passado.
Apesar do aumento da gasolina ao longo do período, os maiores gastos foram registrados no primeiro mês do ano, em janeiro, quando os parlamentares estavam de férias. As atividades em plenário só voltaram no dia 2 de fevereiro. Em julho, os parlamentares tiveram mais 15 dias de recesso. Até o fechamento desta reportagem, os dados de dezembro ainda não tinham sido lançados no portal.
Por ano, cada deputado estadual potiguar pode gastar até R$ 54 mil com combustível. Por mês, além do seu salário, cada deputado recebe até R$ 32 mil como verba de ressarcimento, para gasolina, aluguel de veículo, contratação de consultorias, entre outros gastos do gabinete.
Ressarcimento mensal por gastos dos deputados do RN com combustível
Valores em R$ entre janeiro e novembro de 2017
91.178,3891.178,3880.721,6680.721,6687.591,1787.591,1784.923,3184.923,3182.222,182.222,182.221,6982.221,6973.452,973.452,978.061,7478.061,74JaneiroFevereiroMarçoAbrilMaioJunhoJulhoAgostoSetembroOutubroNovembro020k40k60k80k100k
Fonte: Portal da Transparência/ALRN

O cálculo

Confira abaixo como foi feito o cálculo do consumo dos parlamentares.
Valor das notas fiscais / R$ 4,19 (preço do litro em novembro, segundo a ANP) = quantidade de litros de gasolina comum comprados.
Exemplo: R$ 4.500/R$ 4,19 = 1073,98 litros
Quantidade de litros de gasolina comum x 9 km/l (média estipulada para consumo dos carros) = Quantidade de quilômetros rodados no mês.
Exemplo: 1.073,98 litros x 9 km/litros = 9.665,82 quilômetros rodados
Quantidade de quilômetros rodados por mês / 30 (dias) = média de quilômetros rodados por dia.
Exemplo: 9.665,82 km rodados/ 30 dias = 322,194 km/dia

Quem mais gastou

O parlamentar que mais teve ressarcimento da Assembleia Legislativa foi o deputado Tomba Farias (PSB). Em 11 meses, ele consumiu R$ 49.512,02 - uma média de R$ 4.501,09 a cada 30 dias.
Seguindo a mesma lógica do cálculo, Tomba consumiu uma média de 1.074,2 litros de gasolina por mês e rodou 322,2 quilômetros diariamente, de domingo a domingo. Os gastos do deputado se dividiram entre dois postos - um em Natal e outro em Santa Cruz, na região do Trairi, onde o parlamentar tem suas bases. O município fica distante 134 quilômetros de Natal, segundo o IBGE.
Ele foi seguido, em gastos, pelo deputado Fernando Mineiro (PT), que consumiu R$ 49.087,13, ou uma média de R$ 4.462 por mês. Foram gastos, portanto, 1.064,9 litros, que representariam a circulação de 319 quilômetros diários nos 30 dias de cada mês.
Ranking dos deputados que mais gastaram com combustível entre janeiro e novembro de 2017
Deputado (partido) Valor ressarcido
Tomba Faria (PSB) R$ 49.512,02
Fernando Mineiro (PT) R$ 49.087,13
Dison Lisboa (PSD) R$ 49.078,07
Ezequiel Ferreira (PSDB) R$ 49.064,72
Vivaldo Costa (Pros) R$ 47.390,80
José Adécio (DEM) R$ 47.252,41
George Soares (PR R$ 46.924,52
Raimundo Fernandes (PSDB) R$ 46.362,80
Larissa Rosado (PSB) R$ 46.261,50
Cristiane Dantas (PCdoB) R$ 45.394,84
Os parlamentares que menos receberam ressarcimento pela compra de combustível são Galeno Torquato (PSD) e Márcia Maia (PSDB). O primeiro, entretanto, apresentou notas fiscais apenas nos meses de janeiro, outubro e novembro. Na soma, gastou R$ 13.248,37.
Márcia Maia apresentou gasto todos os meses, porém com custo mais baixo. Em agosto, quando mais consumiu gasolina, recebeu R$ 1.637,32. Neste mês, a média foi de 117 quilômetros rodados por dia. Ao todo, nos onze meses, ela recebeu ressarcimento de R$ 14.367,26.

Postos exclusivos e distantes

Outro caso curioso o é do deputado Souza Neto (PHS), que tem bases na região Oeste potiguar. Ao longo dos 11 meses do ano, todo o abastecimento de combustível parlamentar foi feito por um único posto localizado no município de Areia Branca, distante 330 quilômetros da capital potiguar, segundo o IBGE.
O parlamentar apresentou notas únicas, mensais, do Posto Costa Branca Eireli. O G1 ligou para o telefone que aparece nos sites de busca por CNPJ (cadastro de pessoa jurídica) e recebeu a confirmação, ao questionar a localização da empresa. "Aqui é Areia Branca, Rio Grande do Norte", informou o funcionário.
Abastecer em apenas um posto de combustível também é costume de outros parlamentares. O deputado Vivaldo Costa (Pros), só apresentou notas do Posto Sabugi LTDA, localizado em Caicó, na região Seridó potiguar. Ao longo dos 11 meses, foram pagos R$47.390,80.
Já o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), comprou R$49.064,72 à mesma fonte, ao longo do período: o Posto Ramalho, com razão social Francisco de Sales Dantas, em Macaíba.
Kelps Lima (SDD) abasteceu o ano inteiro no posto Transportes e Comércio Novo Horizonte LTDA, localizado na Zona Sul da capital potiguar. Márcia Maia, já citada, abasteceu apenas no posto Luiz Flor e Filhos LTDA. No mesmo posto, Hermano Morais (PSDB) abasteceu R$ 44.760,09.

O que dizem os deputados

Dison Lisboa declarou que o valor gasto com combustível corresponde ao cumprimento de agenda dele e de sua equipe nas cidades potiguares, "onde, dentro das atribuições conferidas a um mandato parlamentar popular e municipalista, vamos ao encontro da população, participando de eventos, reuniões, e discussões importantes para o Estado. Fato que pode ser verificado em nossas redes sociais, onde recorrentemente são expostas nossas visitas a diferentes município", declarou.
O deputado também negou que seja proibido de deixar a capital. Segundo a Vara de Execuções Penais, o deputado pode deixar a cidade, desde que volte ao local de cumprimento da pena até a noite.
A assessoria do deputado Fernando Mineiro informou que o combustível não é usado apenas no carro do parlamentar, mas também pela assessoria, quando em trabalho designado pelo mandato. Segundo a assessoria, as devidas prestações de contas através de notas fiscais estão "disponíveis, inclusive, mensalmente" no site do deputado.
Dentre os deslocamentos destacados pela assessoria está a caravana da Transposição do São Francisco, quando o parlamentar e sua equipe de assessores percorreram quatro estado do Nordeste. A assessoria ressaltou que o deputado e assessores viajam constantemente ao interior do estado para ações do mandato.
Souza Neto disse que utiliza o recurso para deslocamento nos trajetos: Areia Branca a Natal para participação das sessões legislativas que ocorrem de terça a quinta. "Nos outros dias, quais sejam: sexta a segunda para finalidade de visitas as bases eleitorais dos municipios de atuação do mandato, compreendendo as regiões: salineira, Oeste, Alto Oeste, Vale do Açu e Mato Grande", pontuou.
O deputado ainda apontou que o posto que presta serviço de abastecimento fica na sua principal base de sustentação política que é o municipio de Areia Branca "de onde irradia toda a sua atuação politica. Acrescente-se que lá existem dois postos de combustíveis e esta empresa foi quem ofertou melhor proposta".
O deputado Kelps Lima (SDD), afirmou que o recurso é utilizado para abastecimento dos veículos que servem ao gabinete e são previamente cadastrados na Assembleia. Ainda de acordo com o parlamentar, o posto escolhido para vender o combustível cumpre as exigências de logística e preço de mercado.
"O valor é compatível com a atuação de um mandato parlamentar que tem abrangência em 167 municípios do Rio Grande do Norte. Em 2017, viajamos a cerca de uma centena deles e partir do que vimos nas cidades, produzimos mais de 400 requerimentos pedindo soluções desses problemas ao Governo. Só pedimos o ressarcimento dos abastecimento realizados em Natal", afirmou.
A assessoria de Larissa Rosado (PSB) informou que os valores correspondem ao combustível gasto com deslocamento dela e de assessores para atividades parlamentares, na capital e interior, inclusive para levar o mandato a várias cidades do Estado, sempre obedecendo à norma que rege a verba indenizatória".
O parlamentar George Soares (PR) afirmou que visita quase que diariamente "nós ou nossos assessores, os municípios e regiões que buscam seu apoio parlamentar". "Para tanto estruturamos um gabinete na capital e outro de apoio no interior, localizado em Assú, através dos quais encetamos as muitas ações políticas e técnicas necessárias ao bom exercício parlamentar", disse. Além disso, o deputado ressaltou que dedica, "quase que religiosamente e na íntegra", todos os finais de semana e feriados para visitas pontuais em todo o estado.
Por fim, o deputado também declarou que dispõe de dados quantitativos e qualitativo relativos a todas as ações desse nível realizadas em 2017, "visto que nos preocupamos também com um criterioso controle dos gastos financeiros de nosso mandato". Declarou ainda que não poderia disponibilizar os dados nesta terça-feira (30) em virtude do fechamento da Assembleia Legislativa, cercada de manifestantes.
Galeno Torquato (PSD) afirmou que o combustível é utilizado pelo mandato para realizar seu translado para o cumprimento de agendas político-parlamentares em todo o Rio Grande do Norte, sobretudo, na região do Alto Oeste, onde o parlamentar possui residência. "Prezando pela economicidade do dinheiro público, nos meses onde a rubrica dos combustíveis não fez parte da prestação de contas do mandato, o deputado Galeno Torquato custeou tais despesas com recursos próprios, optando por fazer uso das verbas indenizatórias apenas em épocas onde a demanda por viagens se apresentou mais patente", informou.
Nenhum deputado informou quantos veículos são usados em seus gabinetes.
O G1 procurou as assessorias dos deputados estaduais e ainda aguarda respostas dos demais. A reportagem não conseguiu contato das assessorias dos deputados Getúlio Rego (DEM) e José Dias (PSDB).

Acidente com van deixa morto filho do cantor Cristiano Neves na BR-135

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO ACESSE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA DESSE DESASTRE  



Na foto: Adhemir Teixeira e Cristiano Neves
Um acidente envolvendo uma van que transportava a banda do cantor Cristiano Neves deixou morto Adhemir Teixeira, que a Polícia Militar informou ser filho do cantor. O acidente aconteceu na na BR-135 próximo a Corrente, no Sul do Piauí, por volta das 6h da manhã desta terça-feira (30).



De acordo com a Polícia Militar, a pista molhada devido à chuva causou perda de controle do veículo. "Estava chovendo muito, a pista é lisa e ele escorregou e sobrou na curva", disse o motorista que passou pelo local do acidente.


Conforme o motorista Alexandre Moura, que faz uma linha de micro-ônibus entre Santa Filomena e Corrente, que esteve no local momentos após o acidente, a pista estava muito escorregadia por conta das chuvas. Por tal motivo, segundo ele, a van teria derrapado e saído da rodovia.
Os passageiros feridos foram levados para o Hospital Regional de Corrente. Ainda não há informações sobre o estado de saúde.
A PM informou que estavam na van as pessoas identificadas como Lucas Wellington, Alex, César, um homem conhecido como, Nego, Cristiano Neves, Jardel que seria o motorista da van, Aurin e Adhemir Teixeira, que morreu no local. A van seguia do Ceará para São Paulo.
31/jan/2018

Forte esquema de segurança é montado para votação do ‘RN Urgente’

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO


Por Robson Pires, em

Um forte esquema de seguança foi montado ao redor da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (31) – penúltimo dia de convocação extraordinária.
Os servidores públicos estaduais são contrários ao chamado ‘RN Urgente’, nome que foi dado ao pacote. Dos 18 projetos que fazem parte do pacote, quatro já foram aprovados e outros cinco estão prontos para votação.
31/jan/2018

Forte esquema de segurança é montado para votação do ‘RN Urgente’

 

POSATDO POR BLOG   O CIDADAO


Por Robson Pires, em

Um forte esquema de seguança foi montado ao redor da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (31) – penúltimo dia de convocação extraordinária.
Os servidores públicos estaduais são contrários ao chamado ‘RN Urgente’, nome que foi dado ao pacote. Dos 18 projetos que fazem parte do pacote, quatro já foram aprovados e outros cinco estão prontos para votação.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Participante do BBB 18, “Bruxa” diz que ama mandar nudes, já fez sexo por 9 horas seguidas e que já transou com 5 homens ao mesmo tempo

 

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO, ACESSE EVEJA A MATERIA COMPLETA !!!

Ana Paula entrou no “BBB18” causando. Depois de admitir que ama mandar nudes e de assumir que é bissexual, a catarinense surpreendeu ao revelar histórias de sexo em conversa com Patrícia e Kaysar na madrugada desta terça-feira (30). No papo, a bruxa revelou que fez “sexo por 9 horas seguidas” e que transou com “5 homens ao mesmo tempo”. “Meu fetiche é transar no avião. O resto eu já fiz de tudo”, disparou. “Eu já fiz sexo em lugares doidos, mas o mais maluco foi em um bosque perto da minha casa, onde tem uns patinhos. Já fiz na areia da praia, no cinema, na balada, no elevador, no navio, na rua, dentro do carro…”, listou.
CATARINENSE CONTA COM QUANTAS PESSOAS FEZ SEXO: ‘PODE CHEGAR A 100’
Patrícia ficou surpresa com as declarações e questionou a participante: “Com quantos caras você já transou?”. A emparedada da semana, porém, disse que perdeu a conta: “Eu fiquei dois anos solteira e aproveitei demais. Contando homem e mulher, foi mais de 50, com certeza. Talvez até chegue a 100”.
INTERNAUTAS DUVIDAM DE HISTÓRIAS DA PARTICIPANTE: ‘PARA CHAMAR ATENÇÃO’ (veja memes de internautas aqui em texto na íntegra)
No Twitter, os internautas ficaram desconfiados das declarações picantes da participante e a acusaram de mentir. “Ana Paula fica falando de sexo o dia todo só para chamar atenção e essa história de bruxa é só mais uma palhaçada para prender o público. Falar algumas vezes ok, agora ficar toda hora comentando sobre? Nesse jogo eu não caio”, disse um. “Alguém avisa a bruxa de Taubaté que ela tá passando vergonha. Eliminem o embuste eu imploro”, disparou outro. “Só eu que notei que todas histórias de sexo da Ana Paula são mentiras? 9 horas de sexo seguido, transar com 5 ao mesmo tempo, já transou com cerca de 100 pessoas”, afirmou um terceiro.
NO PAREDÃO, ‘BRUXA’ PEDE PARA FICAR: ‘NÃO SOU HOMOFÓBICA’
Ana Paula foi indicada ao Paredão por Mahmoud depois de chamar o Líder de “viado”. Inconformada com o voto, a catarinense pediu ao público para continuar no programa: “Estou aqui sendo eu mesma, então quero pedir que vocês percam um tempinho do dia para me deixarem ficar aqui. Esse é meu sonho. Estou muito transtornada, e quero que todos vocês saibam que eu não sou homofóbica, de jeito nenhum”.
Pure People

FOTOS: Militantes e até membros do MST impedem a entrada de servidores na AL; pneus queimados no entorno

POSTADO POR GBLOG  O CIDADAO , ACESSEM E VEJA A MATÉRIA COMPLETA DA SITUAÇÃO QUE AMANHECEU HOJE  A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RN.

Desde o início da manhã que militantes políticos e até membros do MST estão impedindo a entrada até dos servidores do Poder Legislativo como forma de protesto. Representantes do movimento LGBT também se encontram presente. O clima não é nada pacífico como de outras vezes.
Hoje a Assembleia Legislativa vota vários projetos do ajuste fiscal enviado pelo governador Robinson Faria para apreciação dos parlamentares. Pela manhã, também sindicalistas queimaram pneus na Praça 7 de Setembro, como forma de impedir circulação nas ruas próximas. Fotos abaixo cedidas.



Se depender da presidente do STF, Lula será preso..

 

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO,ACESSEM O BLOG E VEJA A MATÉRIA COMPLETA, A COISA TÁ SE COMPLICANDO, CARMEM LUCIA JÁ FAVORÁVEL PRISÃO DE LULA    !!!!


POR JOSIAS DE SOUZA
Em jantar com empresários e jornalistas, na noite desta segunda-feira, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, fez duas declarações alvissareiras. Numa, tratou da regra que prevê a prisão de condenados na primeira e na segunda instância do Judiciário. Disse que a Suprema Corte vai se “apequenar” se usar a condenação de Lula a 12 anos e 1 mês de cadeia como pretexto para alterar a norma. Noutra declaração, a ministra posicinou-se sobre a Lei da Ficha Limpa. Considerou improvável que o Supremo modifique o entendimento segundo o qual os sentenciados em tribunais de segundo grau tornam-se inelegíveis.
Em evento promovido pelo site Poder360, Cármen Lúcia enfatizou que não cogita incluir na pauta de julgamentos ações que tratem da execução das penas a partir da segunda instância —mesmo que sejam desvinculadas do caso Lula. Quer dizer: tomada pelas palavras, a presidente do Supremo tratará Lula a pão e água. Nada impede, porém, que um colega de Cármen Lúcia, sorteado para relatar um pedido de habeas corpus de Lula, conceda liminar autorizando o condenado a permanecer em liberdade até o julgamento do mérito de recurso contra o veredicto do TRF-4.
Não faltam no Supremo gilmares, toffolis e outros azares dispostos a arrostar o desgaste de servir refresco a Lula. Confirmando-se esta hipótese, o apequenamento seria individual. Mas o pé-direito de todo o tribunal seria inexoravelmente rebaixado junto. A despeito das palavras de Cármen Lúcia, o histórico da Suprema Corte recomenda que o otimismo seja cultivado apenas até certo ponto. O ponto de interrogação.
A banda que toca no Supremo a política das celas abertas não está de braços cruzados. De resto, deve-se recordar que a Corte andou flertando com práticas que politizaram a Justiça. Por exemplo: quando a Primeira Turma do Supremo suspendeu o mandato do senador Aécio Neves e proibiu o tucano de sair de casa à noite, a própria Cármen Lúcia retirou da gaveta uma ação providencial. Levada ao plenário às pressas, a peça resultou na decisão que permitiu ao plenário do Senado livrar Aécio das sanções. Em episódio anterior, a mesma Cármen Lúcia havia trocado a toga pela articulação política quando se mobilizou para evitar o afastamento do réu Renan Calheiros da Presidência do Senado.
O petismo decerto dirá que a presidente do Supremo dispensa a Lula um tratamento de sub-Aécio, de sub-Renan. A coisa talvez fosse diferente se o hipotético presidenciável do PT ainda estivesse protegido sob a gazebo do foro privilegiado, fora do alcance de Sergio Moro e dos desembargadores do TRF-4.
Torça-se para que Cármen Lúcia, agora em versão draconiana, prevaleça. Rigor é o que se espera da instância máxima do Judiciário diante de uma conjuntura tão apodrecida. Hoje, quando alguém começa a falar sobre corrupção numa rodinha, é inútil tentar mudar de assunto. Pode-se, no máximo, mudar de corrupto. Num ambiente assim, se o Supremo alterar a regra sobre o encarceramento de condenados na segunda instância, sua supremacia caberá numa caixa de fósforos.

VIRA LEI OBRIGAÇÃO DE NOTIFICAR CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER EM 24 HORAS   POSTADO NO BLOG  O CIDADAO  Foi publicada nova...