sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Sérgio Cabral usou ‘pontos cegos’ e fez nomeação na prisão, diz Promotoria

 

´POSTADO POR BLOG   O CIDADAO

POR FOLHAPRESS
A rede de influência do ex-governador Sérgio Cabral(MDB) mantida dentro da prisão, segundo o Ministério Público do Rio, permitiu que ele fizesse uso de “pontos cegos” no videomonitoramento da cadeia e até influenciasse na nomeação de cargo público do Estado.
Essa atuação de Cabral atrás das grades serviu como base para o pedido de transferência de Cabral feito pelas forças-tarefas da Lava Jato no Rio e Paraná. Os juízes Sérgio Moro e Caroline Figueiredo (substituta de Marcelo Bretas) acataram a solicitação e o emedebista foi levado nesta quinta-feira (18) para o Complexo Médico Penal, em Pinhais.
O Ministério Público do Rio afirmou que desde a prisão de Cabral, em novembro de 2016, o secretário de Administração Penitenciária, Erir Ribeiro Costa Filho, tomou medidas para atender demandas do ex-governador. A Promotoria pediu à Justiça o afastamento dele na pasta, assim como de outros cinco servidores.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.