terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Governo dará abono a todos os servidores para compensar juros que será pago para pegar o 13º atrasado em instituições financeiras

 

 

POSTADO POR BLOG  O CIDADAO, ACESSE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA , DO PROJETO DE LEI DO GOVERNADOR ROBSON, SOBRE O ABONO NATALINO CONCEDIDO PARA OS SERVIDORES DO ESTADO


O Governo do Estado está trabalhando em uma alternativa para amenizar a situação dos servidores, enquanto cria as condições para regularizar definitivamente todos os pagamentos. Foi enviado à Assembleia Legislativa um Projeto de Lei que concede abono especial de até a 12,42% do valor líquido da remuneração mensal para compensar o atraso do pagamento do 13º e que será parcelado em seis parcelas a partir da remuneração de janeiro.
O abono seria uma forma de compensar os juros que os servidores pagarão para antecipar em um unica vez o seu 13º atrasado nas instituições financeiras e que terá como fiador o próprio governo do RN.
Comentários (5) enviar comentário
  1. Maria de Fátima
    Não estou entendendo!
  2. Hilton Macedo
    Faça a matéria direito seu bundão. O governo quer pagar o 13o. dos servidores do executivo em 06 parcelas a partir do contra-cheque de JAN/18. Esse abono é para remunerar os custos para quem fez ou vai fazer empréstimo consignado no Banco. Quem garante q a partir de Janeiro os salários serão pagos em dia?
  3. Fábio Soares
    Pelo que entendi….isso é referente ao emprestimo que o funcionário poderá fazer junto ao banco credenciado pelo governo para ter disponível seu décimo terceiro.
    Esse percentual em torno de 12%…. será o que o banco irá cobrar de juros por esse empréstimo.
    Nada de abono …. e quem vai arcar se a parcela sofrer algum atraso….confiar em quem????
    A grande questão

    • aposentada falida
      Diz ele que se atrasar o banco também não recebe, kkk – por isso é seguro, então não faça no meu nome – faça no seu, GovernaDOR.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.