sábado, 5 de maio de 2018

Agricultor preso por estar rodando casa de Policial Militar gera fiança de R$ 3 mil em Riacho de Santana-RN 

 

POSTADO POR BLOG O CIDADAO 

arma apreendida
O agricultor Joceliano Aires da Costa, conhecido como Celino que foi preso na madrugada do dia primeiro de maio na cidade de Riacho de Santana-RN após ter sido visto por guardas municipais de posse de uma espingarda rodando a casa do comandante do Destacamento de Policial Militar daquela cidade. Celino foi autuado em razão da suposta prática de crimes previstos no art. 129 do Código Penal e art.12 da Lei n. 10.826/03 e teve sua fiança arbitrada pelo Dr. Inácio Rodrigues, Delegado Regional de Polícia civil de Pau dos Ferros no valor de três mil reais, para responder em liberdade as imputações a ele atribuídas. 
O flagrante de delito e a fiança foram homologados pelo poder judiciário e o agricultor além do pagamento da fiança foram aplicadas algumas medidas cautelares impostas pelo Judiciário.

Entenda o caso:

Segundo foi constatado nos depoimentos do auto de prisão em flagrante, no dia 30 de abril de 2018, à noite, no Sítio Paú, em Riacho de Santana, o suposto acusado adentrou uma confraternização para a qual não tinha sido convidado. Após recursar a ordem de deixar o local, o conduzido, embriagado e violento, foi conduzido para fora do local pelo policial que, mesmo utilizando só a força indispensável. O referido policial já manifestou o interesse em representar criminalmente  contra o suposto acusado.
Logo após, à 1h do dia 1º de maio, um vigia noturno,  viu o conduzido encostado em uma Oficina portando uma espingarda calibre .32. Ao indagar ao conduzido a razão, Joceliano lhe respondeu que estava esperando o Cabo da PM passar pelo local para atirar nele, em razão da briga horas antes. Afirmou à testemunha que só não havia atirado porque o referido policial chegou acompanhado de seu próprio irmão (de Joceliano). Para não correr o risco de atingir o parente, não efetuou o disparo. A testemunha comunicou o fato à Polícia Militar, que compareceu ao local e realizou a prisão em flagrante por porte de arma, conduzindo Joceliano à presença da autoridade policial para os procedimentos cabíveis.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.