segunda-feira, 26 de novembro de 2018

QUINTA-FEIRA, 10 DE MARÇO DE 2016

BABÃO — FALSO ELOGIO QUE ALIMENTA A VAIDADE!


A vida de um babão é um eterno conflito com ele mesmo.
O babão profissional atua em todos os ambientes em que trabalha.
Na prefeitura , ele está sempre ali achando lindo e belo tudo que seus superiores hierárquicos fazem.
Ele sempre é nocivo a sí mesmo. Pensa que a tristeza do que faz é elogiado por alguém. Até mesmo aquele prefeito e secretários que são idolatrados por ele.
O babão prefere viver elogiando seus superiores que se concentrar no seu trabalho.
Nunca produz praticamente nada de interessante, simplesmente passa o tempo enrolando que faz alguma coisa.
Com o advento das redes sociais na internet, a tarefa de babar se tornou mais repugnante ainda.
O babão, para agradar o prefeito e o maior número de pessoas próximas a ele, passa a condenar, criticar e combater todos os inimigos dos seus superiores.
As últimas postagens no  blog do Babão( situação )só da conta das obras do calçamentos que a prefeitura  vem realizando,e se esquece das obras não concluídas,como a escola modelo a praça de eventos o complexo turístico a quadra poliesportiva da escola Raquel Silva etc.todas estas  obras iniciadas mais não concluídas sem contar que a iluminação pública esta caótica e a Rota Rosendo Fontes esta quase que intransitável, assim como a avenida principal da cidade,e agora vem este blogueiro dizer que o líder da oposição Babau esta espalhando boatos falsos na cidade com relação ao abastecimento de água na cidade,o tempo  e as ações vai mostrar que o líder da oposição fala a verdade e que este blogueiro é induzido a postar matérias tendenciosas para confundir a sociedade vieirense.   
Pois quem  combate o prefeito  do babão é logo taxado de mentiroso, invejoso ou recalcado.
Para este  babão, o certo sempre é ele e seus patrões, sendo que quem é contra não merece respeito e deve ser desqualificado por ousar enfrentar quem não se dobra e nem aceita ser como ele.
Profissional na arte de bajular, basta um dos seus superiores entrar em decadência para ele buscar rapidamente outro postulante ao cargo para fazer rasgados elogios com a intenção de se fazer notar e garantir a proteção do futuro gestor.
Quando chamado a atenção por algum erro, o BABÃO, mesmo humilhado pelo prefeito, esconde a humilhação de todos por medo do gestor ficar sabendo da sua revolta.
"Bajulador", "puxa saco", "chupa-ovo" e muitos outros termos pejorativos são atribuídos ao babão.
O prefeito e secretários dos tempos modernos preferem tratar o babão de um termo mais light, mas não menos triste: dizem de um novo e ‘moderno’ babão que ele “veste a camisa”, expressão para quem compra a briga dos patrões.
Quando atua no meio político, o puxa saco adota ações quase suicidas para agradar a quem ele bajula. Se intriga e comete gestos desesperados para se fazer notar pelo líder político.
Em Marcelino  temos centenas, de exemplos de bajuladores.
No entanto, qualquer semelhança com pessoas ou acontecimentos reais contidos neste texto terá sido mera coincidência.
Geralmente, o babão, é uma pessoa sem ética e, provavelmente, incompetente para subir na vida ou ganhar poder através dos próprios méritos, necessitando portanto usar certos artifícios para atingir seus objetivos.
São pessoas que elogiam gratuitamente e supervalorizam, a toda hora, as atividades das pessoas que ocupam cargos de autoridade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

                            EM NOME DE DEUS FAMÍLIA FELIZ A FAMÍLIA  HONORATO TEIXEIRA ESTÃO MUITOS FELIZES, PRINCIPALM...