terça-feira, 15 de janeiro de 2019

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

POLICIAIS MILITARES DE SOBRAL PRENDEM INDIVÍDUO JOGANDO DROGAS DENTRO DO PRESÍDIO

Terça, 15 de Janeiro de 2019


Na madrugada desta segunda-feira (14), Policiais Militares do BPGEP (Sentinelas da PIRS) visualizaram dois veículos suspeitos (Corsa e um Fiat Siena prata) no entorno da penitenciária e acionaram a CIOPS, solicitando apoio. Várias viaturas compareceram no local da ocorrência, os PMs conseguiram efetuar a prisão de um indivíduo identificado como Mailson Sousa Costa, que foi flagrado com 1,5 KG de maconha e um estilingue.

Os outros elementos que estavam dando apoio na ação criminosa, fugiram.

Mailson foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por crime de tráfico de drogas.



Fonte: Sobral 24 horas

Chega a 358 número de presos por ataques no Ceará

Terça, 15 de Janeiro de 2019

Em uma das mais recentes ações, bandidos jogaram uma bomba na ponte do Bairro Bonsucesso, em Fortaleza.


O número de pessoas capturadas por envolvimento nos ataques criminosas no Ceará subiu para 358, entre presos e apreendidos, segundo o Governo do Estado.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que das 17 horas de ontem (13) até a manhã desta segunda-feira (14) mais foram cinco pessoas foram capturadas. As prisões e apreensões registradas na Capital, Região Metropolitana e Interior são oriundas de ações das forças de segurança cearenses, Força Nacional e entidades parceiras.

Este já é o 13º dia desta onda de violência, que começou em 2 de janeiro após o governo anunciar medidas para tornar mais rigorosa a fiscalização nos presídios.

Em uma das mais recentes ações criminosas, bandidos jogaram uma bomba na ponte localizada na Rua São João, no Bairro Bonsucesso, em Fortaleza, no último domingo (13). A Polícia Militar esteve no local e acionou o esquadrão antibombas. Nenhum suspeito foi capturado. Não houve danos na estrutura do local e tráfego na área já foi liberado. (Cnews)

ARMADILHA CEARENSE

Terça, 15 de Janeiro de 2019


Sergio Moro tem sido aconselhado a mostrar que a responsabilidade por controlar a onda de violência no Ceará é do governo local, e não do Ministério da Justiça.

O entendimento em Brasília é claro: quem deixou a situação se deteriorar foi o próprio governador Camilo Santana, curiosamente reeleito com votação recorde.

A possibilidade de uma intervenção federal também está descartada, pois engessaria as reformas no Congresso Nacional.

Quem pariu o petista que o embale.

Fonte: O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 Marcelino Vieira: vereadora arrancou aplausos e gritos de apoios na primeira sessão POSTADO POR B...