quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

MULHER MORRE APÓS FAZER ESCOVA PROGRESSIVA

 

POSTADO NO BLOG O CIDADAO 

Lidiane Ferreira dos Santos, de 31 anos, morreu na segunda-feira 16 após desenvolver uma forte reação alérgica a produtos químicos usados em uma escova progressiva. O procedimento foi realizado em um salão de beleza em Ilha Solteira, cidade localizada no interior do estado de São Paulo.
De acordo com a família da vítima, Lidiane começou a se sentir mal logo após o procedimento. Os sintomas incluíam queimação pelo corpo, irritação da pele e falta de ar. Ela foi levada ao hospital e internada na Unidade de Terapia Semi-intensiva, em estado grave.
O caso foi registrado na delegacia da cidade e um inquérito foi aberto para investigar as causas da morte de Lidiane. Ela será enterrada nesta terça-feira, 17, em Ilha Solteira.
Segundo o Hospital Regional de Ilha Solteira, o atestado de óbito indicou parada cardiorrespiratória, alergia a produtos químicos, crise convulsiva e hipotensão como causas da morte. O caso foi registrado na delegacia de Ilha solteira e está sob investigação da Polícia Civil.
Outros casos
Esse não é o primeiro caso relacionado ao procedimento estético. Em 2018, VEJA noticiou a morte de Márcia Gomes Alves Fernandes, de 48 anos, em Pindamonhangaba, interior de São Paulo. Márcia faleceu por insuficiência respiratória aguda, bronquite aguda e asma, decorrentes de uma intoxicação por produto químico no cabelo, pescoço e nas vias respiratórias.

Fonte: Veja
Foto: TV Tem

Bolsonaro cita PT e ‘pessoal do PSL’ e indica veto a fundo eleitoral aprovado no Congresso

 

postado no blog  o cidadao 

Quinta, 19 de Dezembro de 2019
Imagem: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro, hoje sem partido, criticou nesta quarta-feira (18) o valor de R$ 2 bilhões do fundo eleitoral aprovado um dia antes pelo Congresso e indicou que cogita vetá-lo —um eventual veto do presidente pode depois ser derrubado pelo Congresso.

Em frente ao Palácio do Alvorada, pela manhã, Bolsonaro perguntou a um grupo de apoiadores se deve sancionar ou vetar esse valor e disse que não ajudará quem “quer fazer material de campanha caro”. “Vocês acham que tem de vetar ou sancionar os R$ 2 bilhões do fundo partidário?”, questionou o presidente, recebendo como resposta que deveria vetá-lo.

Na prática, o eventual veto de Bolsonaro pode prejudicar seus partidos rivais e colocar em condições de igualdade a eles a Aliança pelo Brasil, legenda que pretende criar nos próximos meses.

Isso porque, se não conseguir brechas na Justiça Eleitoral, a nova sigla pode disputar a eleição municipal de 2020 e chegar à corrida presidencial de 2022 sem recursos dos fundos partidário e eleitoral e sem tempo de rádio e TV.

Hoje, a distribuição do fundo partidário (que financia, com verbas públicas, o funcionamento das legendas) leva em conta os votos obtidos na última eleição para a Câmara, o que não impediria esses recursos para a nova sigla de Bolsonaro.

No Orçamento de 2020, há dois instrumentos para abastecer o caixa de partidos políticos com recursos públicos: o fundo partidário, de aproximadamente R$ 1 bilhão, e o fundo eleitoral, de R$ 2 bilhões e criado para financiar as campanhas em ano de eleição.

Na declaração desta quarta-feira, Bolsonaro se referia ao fundo para bancar a campanha para novos prefeitos e vereadores no próximo ano, que foi alvo de embate nas últimas semanas entre o Palácio do Planalto e o Congresso.

O presidente ressaltou que, caso sancione o montante, tanto PT como PSL (antiga sigla de Bolsonaro), serão beneficiados. Os dois partidos são considerados por ele os principais adversários de seu governo. Por terem as maiores bancadas eleitas em 2018, têm direito a mais recursos do fundo.

“O PT vai ganhar R$ 200 milhões para fazer campanha no ano que vem. Aquele pessoal do PSL lá, que mudou de lado, também vai pegar R$ 200 milhões. Se quer fazer material de campanha caro, não vou ajudar esse cara, pronto”, disse.

Nas últimas semanas, o Congresso chegou a discutir a possibilidade de elevar o fundo eleitoral para R$ 3,8 bilhões em 2020. A diferença, que seria de R$ 1,8 bilhão, como mostrou a Folha, representaria um desfalque nos orçamentos de áreas como saúde, educação e estrutura.

Diante da repercussão negativa, líderes partidários decidiram manter o valor apresentado pelo governo para evitar um veto presidencial, em R$ 2 bilhões. A revisão no destino dos recursos públicos foi aprovada nesta terça-feira (17) e agora segue para a sanção presidencial.

Nas eleições de 2018, foi distribuído R$ 1,7 bilhão aos candidatos. Na votação do Orçamento, o partido Novo tentou reduzir o fundo eleitoral, que ficaria, portanto, abaixo do valor proposto pelo governo (R$ 2 bilhões). Deputados do PSL ligados a Bolsonaro também patrocinaram a investida para desinchar o financiamento público de campanha em 2020.

A desidratação do fundo foi derrotada, na Câmara, por 242 votos a 167. Por isso, nem precisou ser analisada pelo Senado. O relator do Orçamento, deputado Domingos Neto (PSD-CE), e líderes partidários aceitaram a proposta do governo com a expectativa de que o presidente garantiria R$ 2 bilhões para irrigar as campanhas do próximo ano.

Caso Bolsonaro vete o fundo, os partidos podem ficar sem recursos públicos para a campanha municipal. Segundo técnicos do Congresso, cabe ao presidente decidir se toda ou nenhuma verba aprovada no Orçamento será liberada. nIsso porque, no entendimento desses técnicos, o veto ocorre em todo o trecho do projeto de Orçamento.

Mas, do jeito que o texto está escrito, há uma linha para destinar cerca de R$ 300 milhões e outra, no valor de R$ 1,7 bilhão, ao financiamento de campanha. Assessores legislativos dizem que um veto a apenas uma dessas linhas, que desidrataria o fundo eleitoral, seria irregular.

Um veto total ou parcial geraria um desgaste ainda maior com líderes partidários. O Congresso teria poder para derrubar o ato do presidente.

Nesta quarta-feira (18), Bolsonaro também comentou sobre seu partido em formação, a Aliança pelo Brasil, e reconheceu dificuldades em viabilizar a sigla para a disputa eleitoral. “Pelo jeito, vai ter de recolher assinatura no braço. Se for no braço, vai ser difícil de fazer para março o partido. Muito difícil.”

PARA QUE SERVE O FUNDO ELEITORAL ​

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Criminosos terão bens confiscados com a aprovação do Pacote Anticrime

 

POSTADO NO BLOG  O CIDADAO 

Terça, 17 de Dezembro de 2019
Nesta segunda-feira, 16, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, declarou em suas redes sociais que criminosos vão sofrer no bolso com a perda de ‘patrimônios’ não declarados e não comprovados, graças ao Pacote Anticrime.
“Outra inovação importante é o confisco amplo dos bens de criminosos profissionais ou habituais. Para aqueles que fazem do crime um meio de vida, o projeto estabelece que todo o patrimônio sem origem legal comprovada será confiscado após condenação”, declarou Sérgio Moro.
O confisco de bens materiais é mais uma das ideias formuladas pelo ministro em prol do fim da impunidade. O projeto já passou pelo Senado e agora está pronto para ser avaliado pelo presidente Jair Bolsonaro.
da RedaçãoFonte: Jornal da cidade Online

* Polícia Federal realiza mega operação na Paraíba, Rio Grande do Norte e mais 3 Estados. 

POSTADO NO BLOG O CIDADAO, ACESSE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA

 

A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (17), a Operação Calvário – Juízo Final, para combater organização criminosa atuante em desvio de recursos públicos destinados aos serviços de saúde no Estado da Paraíba, por meio de fraudes em procedimentos licitatórios e em concurso público, corrupção e financiamento de campanhas de agentes políticos, bem como superfaturamento em equipamentos, serviços e medicamentos.

A operação, realizada em conjunto com o o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado GAECO/PB, Ministério Público Federal e Controladoria-Geral da União – CGU, apura desvio de recursos públicos na ordem de R$ 134,2 milhões, dos quais mais de R$ 120 milhões teriam sido destinados a agentes políticos e às campanhas eleitorais de 2010, 2014 e 2018 na Paraíba. Cerca de 350 Policiais Federais, além de Procuradores da República e auditores da CGU dão cumprimento a 54 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão preventiva, nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Goiânia e Paraná.De acordo com as investigações, organizações socias, dentre outras, organizaram uma rede de prestadores de serviços terceirizados e de fornecedores, com a celebração de contratos com sobre-preço na gestão dos Hospitais de Trauma, de Mamanguape/PB e o Metropolitano em Santa Rita/PB. De modo a se blindar de fiscalização do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, a organização pagou reiteradamente vantagens indevidas, valendo-se de contratos de “advocacia preventiva” ou contratos de “advocacia por êxito”, de modo a ocultar ou dissimular a natureza, origem, disposição e movimentação dos valores.

Verificou-se ainda o uso eleitoral dos serviços de saúde, com direcionamento de atendimentos e fraude no concurso de pré-seleção de pessoal do Hospital Metropolitano no ano de 2018.

Após a constatação de que agente político, que ocupou cargo de alto escalão no executivo estadual, encontra-se fora do país, foi solicitada a inclusão do seu nome na difusão vermelha da Interpol.Os investigados irão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes poderão responder pelos crimes previstos de organização criminosa, fraude em licitação, corrupção passiva e ativa.
PF em ação...
Primeiras Notícias

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

HOJE A CAMARA MUNICIPAL DE MARCELINO VIEIRIA, EM SUA ULTIMA SEÇÃO DO ANO, TEM COMO CONVIDADO DE HONRA NA TRIBUNA LIVRE, O SECRETÁRIO DE SAÚDE JOSÉ JACOME FILHO (Dedé Jácome ), PRESTANDO CONTA DE SUA PASTA ADMINISTRATIVA E RESPONDENDO ALGUM VEREADOR, DAS CALÚNIAS QUE VEM RECEBENDO, DURANTE O ANO DE 2019, DESMENTINDO TODAS MALDADES ATRIBUÍDAS CONTRA O SECRETÁRIO !!! !!!
TODO VIEIRENSE É CONVIDADO ASSISTIR AO VIVO OU ATRAVÉS DA TRANSMISSÃO FACEBOOK REGES FERNANDES DIRETAMENTE AO VIVO HOJE 7:00 hs DA NOITE DA CAMARA MUNICIPAL DE MARCELINO VIEIRA RN.



06:14, 16/12/2019] Dede Jacome. Novo: Bom caríssimos profissionais de saúde, hoje 16 de Dezembro as 19 horas estarei na Câmara municipal, usando a tribuna para esclarecer relacionado a saúde, durante o ano 2019. Um vereador usou a tribuna naquela casa e disse que nossa saude está na UTI , está morta, com isso denegrindo a nossa imagem e também a dignidade do.profissional de saúde que se dedica ao trabalho 24 horas, para fazer o melhor para nosso povo. Muitas vezes não entende o nosso trabalho, a população e os seus representantes não entende como.funciona o SUS. É necessário a nossa união em defesa de uma saúde de prevenção e qualidade. Sua presença é de fundamental importância. Um abraço
[06:14, 16/12/2019] Dede Jacome. Novo: Tenha um.bom.dia

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

VIRA LEI OBRIGAÇÃO DE NOTIFICAR CASOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER EM 24 HORAS

 

POSTADO NO BLOG  O CIDADAO 

Foi publicada nova lei, nesta quarta-feira (11), que obriga profissionais de saúde a registrar no prontuário médico da paciente e comunicar à polícia, em 24 horas, indícios de violência contra a mulher.
A lei se originou do Projeto de Lei (PL) 2.538/2019 (na Câmara) ou PLC 61/2017 (no Senado), que havia sido vetado (Veto 38/2019) pelo presidente da República, Jair Bolsonaro e, no fim de novembro, teve o veto derrubado pelo Congresso Nacional. A lei entra vigor em 90 dias.
De iniciativa da deputada federal Renata Abreu (Podemos-SP), a nova lei estabelece que a comunicação obrigatória à autoridade policial deve ser feita no prazo de 24 horas para, além de serem tomadas as providências cabíveis, também ser registrada para fins estatísticos. A regra vale para serviços de saúde públicos e privados.
Inicialmente, o projeto pretendia acrescentar essa previsão à Lei Maria da Penha (Lei 11.340, de 2006), mas a relatora no Senado, senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE), decidiu elaborar um substitutivo, deslocando a medida para a Lei 10.778, de 2003, que já regula a notificação compulsória de casos de violência contra a mulher atendida em serviços de saúde públicos ou privados. A providência, explicou Maria do Carmo, foi tomada para afastar questionamentos quanto à juridicidade e constitucionalidade da matéria.
Quando vetou a iniciativa, o presidente justificou que o projeto contrariava o interesse público, ao determinar a identificação da vítima, mesmo sem o seu consentimento e ainda que não haja risco de morte mediante notificação compulsória para fora do sistema de saúde. No entendimento do governo, a medida “vulnerabiliza” ainda mais a mulher, já que, nesses casos, o sigilo seria fundamental para garantir o atendimento à sua saúde sem preocupações com futuras retaliações do agressor. Mas deputados e senadores discordaram da posição do governo.

domingo, 8 de dezembro de 2019






       UM FILHO VIEIRENSE, MUDANDO DE IDADE HOJE, O MAJOR CARVALHO, FILHO DO CASAL POROROCA E MARLY, RECEBENDO OS CUMPRIMENTOS DE FELICITAÇÕES SEUS PAIS, SEUS IRMÃOS E CUNHADOS, SOBRINHOS, AMIGOS E SEUS DOIS FILHOS TEREZA MARLY E O BEBEZINHO MARCOS FILHO !!!












     MAJOR CARVALHO, Temos muito orgulho de você! Parabéns e nunca deixe de ser o filho exemplar que é. Não se esqueça que a vida é um milhão de novos começos movidos pelo desafio sempre novo de viver e fazer todo sonho brilhar. Nunca desista, você é capaz! Somos felizes por ter a sorte de ser seus pais!
     Nesse texto de aniversário eu quero que você perceba a grandeza da nossa satisfação em saber que tudo que desejei e fiz por você deu e está dando certo. Te ensinei os primeiros passos e hoje, caminhando sozinho, vejo o bom homem que se tornou. Bom filho, bom irmão bom esposo, bom pai, bom tio, bom amigo.
     Feliz aniversário, filho. Continue trilhando o seu caminho Profissional, com Deus à sua frente e em seu coração. Que os seus sonhos sejam os sonhos d’Ele. Nós te desejamos, felicidade, muita saúde, paz e alegria durante toda sua vida. Saiba que além de seus pais, somos seu melhor amigo e você pode contar sempre com todos nós na alegria e na dor !!!

     PARABÉNS FILHÃO BEIJOS DE SEUS PAIS POROROCA E MARLY !!!

sábado, 7 de dezembro de 2019

Governo pagará salário de dezembro próximos dias 14 e 30; dia 31 sai o 13º de 2019 


MATÉRIA COMPLETA  POSTADA NO BLOG  O CIDADAO, ACESSE E VEJA ....

Sede do Executivo estadual (Foto: Reprodução)
O Governo do RN pagará o salário do mês de dezembro nos próximos dias 14 e 30. O critério de pagamento segue o mesmo do mês de novembro, com adiantamento integral a quem recebe até R$ 4 mil e 30% para quem recebe acima desse valor. A categoria da Segurança Pública também recebe integral no próximo dia 14. E os órgãos com arrecadação própria e a Educação, recebem tudo no dia 30.
Já o último dia útil do mês de dezembro, 31, será reservado para o pagamento do 13º salário de 2019, dia seguinte ao repasse pela União dos R$ 160 milhões referentes ao leilão da cessão onerosa – recurso extraordinário essencial para quitação da folha. A depender do horário do repasse pelo Governo Federal, é possível que falte tempo hábil à instituição financeira para realizar todos os depósitos no mesmo dia e uma pequena parte do funcionalismo pode receber o salário dia 2 de janeiro.
Nesta sexta-feira, 6, o Governo do Estado concluiu mais uma operação a fim de obter recursos extras: a antecipação de parte dos royalties do petróleo e do gás natural.
No último mês de agosto, a equipe financeira do Executivo conseguiu, com sucesso, a venda da folha do Estado pelo valor de R$ 250 milhões, descontando R$ 130 milhões junto ao Banco do Brasil para quitar a dívida de consignados deixada pela última gestão.
Com a venda da folha e a operação dos royalties, o Executivo conseguirá R$ 300 milhões em recursos extras, o que viabiliza o pagamento do 13º salário dos servidores. Assim, será encerrado o ano com todas as 13 folhas de 2019 pagas em dia.
Somado às folhas do corrente ano, também foi pago o passivo de dezembro de 2017, concluído no último mês de julho. Além disso, há possibilidade de amortizar parte das folhas em atraso de 2018 até 2 de janeiro, quitando 15 folhas. No mesmo período do ano passado, muitos servidores tinham recebido apenas 10 salários.
Print Friendly, PDF & Email

 NÓS AVÓS PAI, MÃE TIOS, TIAS E PRIMOS, ESTAMOS COMEMORANDO O  ANIVERSÁRIOS DE PRIMEIRO ANINHO DE NOSSO AMADO NETINHO CAÇULA, JOSÉ ...