domingo, 2 de maio de 2021

 

OESTE POTIGUAR: RODOVIAS INVADIDAS POR MATO; BURACOS FORMANDO "COLCHA DE RETALHOS" E AUSÊNCIA DE SINALIZAÇÃO CAUSAM ACIDENTES, INCLUSIVE COM VÍTIMAS FATAIS

O Departamento de Estradas e Rodagens do Rio Grande do Norte (DER/RN), é o órgão responsável por manter a conservação das rodovias denominadas RN's. Já o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte), é a instituição que tem a incumbência de administrar, cuidar das rodovias federais. São as BR's como conhecemos.
Assim, necessário e emergencial é, que o DER/RN providencie urgentemente o roço das estradas que interligam as cidades de Mossoró ao município de Governador Dix-Sept Rosado, a RN 117, e todo seu percurso até a cidade de Riacho da Cruz, passando assim pelos municípios de Caraúbas; Olho d'água do Borges; Umarizal. O mato tem propiciado acidentes diversos constantemente. Recentemente, no período noturno, onde a visibilidade é mais dificulta, pelo crescimento do mato invadindo a rodovia aumentando a escuridão, um acidente ceifou as vidas de um taxista mossoroense e uma senhora de Patu, deixando ainda uma criança, filha da patuense, ferida. Até quando o DRE/RN vai aguardar para fazer o que é seu dever? Outras mortes terão que acontecer, para que providências sejam tomadas? Os prefeitos destas cidades que abrangem a região, Alysson Bezerra (Mossoró); Arthur Vale (Governador Dix-Sept Rosado); Caraúbas (Júnior Alves); Maria helena Queiroga (Olho d'água do Borges); Raimundo Pezão (Umarizal); Marcos Aurélio (Riacho da Cruz); Rivelino Câmara(Patu), devem solicitar ações do departamento de Estradas e Rodagens do Rio Grande do Norte, para que realize o que urgente se faz necessário. Assim como entre as cidades de Olho d'água do Borges e Patu, na RN  078, onde o mato reina absoluto, necessitando providências para evitar que outras mortes ocorram.
Outro ponto que merece rapidamente na conversação, é a BR 226, trecho que liga o trevo de acesso de Antônio Martins ao município de Frutuoso Gomes, seguido pra Lucrécia e Umarizal, em especial neste último trecho entre as duas cidades, onde além do mato alto, há a péssima qualidade do asfalto, onde em muitos caos, é preferível rodar pelo acostamento, que é de terra, mediante os buracos que há. Tempos atrás, foi realizado parcialmente uma "Operação Tapa Buraco", entretanto a péssima qualidade do material utilizado ou possivelmente a forma como é geralmente executados os serviços, na grandiosa maioria dos casos, ficando o "tampão" bem maior que o nível do asfalto original, criando verdadeira elevações que em muitos casos são um risco para quem trafega no local. Essa deficiência de execução, ocorre em todos os setores, onde muitas empresas trabalham. Não há uma devida fiscalização e/ou observância para que o tal "tampão" fique no nível devido.


Já o trecho que liga as cidades de Antônio Martins com Almino Afonso, seguido para Patu, precisa ser feito em muitos pontos o roço do mato, tendo em vista que árvores, isso mesmo, árvores nasceram às margens do asfalto e estão tomando literalmente a pista. Em certas situações, a área asfaltada é estreita e com o crescimento do mato, diminui ainda mais o espaço para que carros trafeguem. Acidentes em todos estes setores das RN's e BR estão ocorrendo, com frequência muito maior. e na maioria dos casos, dar-se exatamente pela presença de mato no pista.

Os gestores destas cidades, Jorge Fernandes (Antônio Marins); Janda Jácome (Frutuoso Gomes): Jéssica Amorim (Almino Afonso) e Rivelino (Patu), podem solicitar ao DNIT, que seja feito os reparos devidos, como roço da margem desta rodovia. Contudo, não têm o dever de autorizar que funcionários de suas prefeituras o façam. Nem mesmo contratar empresas para fazê-lo.

Esta matéria, que foi baseada em um comentário enviado à página do blog RN POLÍTICA EM DIA, estará sendo enviada ao DNER/RN e ao DNIT, requerendo providências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para que possamos desenvolver um bom trabalho.

  OESTE POTIGUAR: RODOVIAS INVADIDAS POR MATO; BURACOS FORMANDO "COLCHA DE RETALHOS" E AUSÊNCIA DE SINALIZAÇÃO CAUSAM ACIDENTES...